Público de Novos Hábitos

On line agora

segunda-feira, 27 de março de 2017

Área afetiva mal resolvida, o que fazer? Veja como.




Está com medo de amar?

Está com medo do amor?

A melhor forma de autoconhecimento é se relacionar com o outro.
O relacionamento afetivo, nos desafia o tempo todo, pois ele nos mostra como somos na essência.

A dor e a dificuldade que precisamos olhar e que fugimos. Exemplo: Qual a razão do ciúme? Qual a razão da carência? Por quê desejar viver a vida do outro? Por quê privar o outro da presença dos amigos e família?

Independente do outro, este trabalho é interno e solitário, você com você. A dor que te incomoda é a sua cura.

Não adianta nada dizer que o tempo vai curar, que passa naturalmente.

A única forma de curar a ferida emocional é enfrentar, caso contrário será uma auto enganação.



Dizer para si que nunca mais quer se relacionar (porque é difícil demais), faz parte do processo, principalmente quando houve um rompimento recente.

Mas volte a namorar assim que passar a fase do luto, pois o outro é o espelho fiel de nossas maiores dificuldades. Se relacionar nunca foi e nunca será simples, pois quando entramos em um relacionamento, não enfrentamos o outro, mas sim a nós mesmos. Falta de paciência, desequilíbrio emocional e todas as inúmeras dificuldades que temos internamente.

Geralmente projetamos no outro aquilo que não apreciamos em nós mesmos.

Daí surgem as críticas, cobranças e reclamações.

Fugir não resolve. Então se é para enfrentar que seja rápido, pois quanto mais você compreender que tudo é aprendizado (no namoro, noivado e casamento) as coisas tendem a ficar mais leves. Mude seu ponto de vista.

Afinal, você sempre teve relacionamentos significativos, bons, equilibrados, de amor e respeito?

Se a resposta foi não, então é chegada a hora de observar e tratar isto com mais atenção e amor.

Pois o que estamos falando neste artigo é sobre algo muito importante, sua vida e sua felicidade.

Não delegue sua felicidade a terceiros.

Olhe no espelho e trabalhe o seu autoconhecimento e auto amor.
Seja o melhor que puder para si mesmo.

Pare com a mania infeliz de tentar mudar o outro, ninguém muda ninguém, só mudamos a nós mesmos. 

O outro só muda se ele quiser, caso contrário só irá gerar desgaste e dor.

Outra coisa, trabalhe com o agora, as expectativas só ferem.

Para ver se o que tem feito está dando certo na sua vida, pare e veja os teus resultados. Se os resultados não forem satisfatórios, está na hora de mudar a estratégia e postura frente a sua vida.

Mas por favor sem jogos, a estratégia que estou falando é curar suas dores e dificuldades.

Não consegue sozinho (a)? Contrate um profissional, ou procure informações em nosso site.

Ou também tem a opção de participar do aulão gratuito que vou fazer amanhã via internet, para participar é simples, basta deixar o seu email neste link Aulão sobre RELACIONAMENTO AFETIVO 

Um evento gratuito ao vivo, vou te dar algumas ferramentas e técnicas para lidar melhor com a sua vida afetiva.



Bibliografia sugerida: O poder do agora. (Eckhart Tolle). Um novo mundo. O despertar de uma nova consciência. (Eckhart Tolle).

Grande abraço.

Adriana Mantana

Coach de Mulheres e Terapeuta, articulista do Jornal Diário da Manhã, site: http://totalmentemulher.com.br/


quinta-feira, 23 de março de 2017

O que fazer com você, quando a RAIVA surgir?





Sabe aquele momento em que você percebe claramente a sua raiva surgir?


Pois é nestes momentos quando a ira sobe, dá um certo trabalho para colocar tudo no eixo.

Quando isto acontecer, temos duas escolhas:


  1. A mais comum, chutamos o pau da barraca e partimos para cima do outro.
  2. A menos comum, ficamos conosco e nos acalmamos.
A primeira opção gera grandes estragos, porque geralmente quando agimos na impulsividade temos a tendência de magoar o outro, porque a raiva sem a devida educação, gera grandes transtornos.
Daí o sentimento de culpa bate e lá vamos nós pedir desculpas.

PAAAAAARAAAAAAA TUDO.



Vale muito a pena investir na segunda opção, não é que você vai deixar de ter raiva, ela existe por algum motivo prático e funcional na vida de todos nós. 

Ela representa uma força de ação, nos defende, ou seja é nosso instinto animal de proteção.

Mas ela precisa ser educada e para isto, nos momentos de fúria, vá para um canto. Sei que dá trabalho, porque faço isto comigo sempre que me surge esta emoção. Mas vale a pena, porque os transtornos são bem menores, ou nulos quando optamos pelo treino da opção dois.

Não adianta, ou aprendemos a lidar conosco em todas as situações, ou seremos eternamente manipulados pelas situações, pessoas e emoções.

E se você chegou até aqui, vou te falar uma coisa eu criei um canal, vai lá e se inscreve, coloco meditações, insights, para você aprender lidar melhor com você.



Afinal, não dá para parar o mundo e dizer: Ei, mundo, para porque eu vou descer no próximo ponto, cansei de ficar aqui.

Cuide-se, você merece o melhor.




Bjussssssssss

Adriana Mantana... Sendo eu mesma.

terça-feira, 21 de março de 2017

MEDO DO DESCONHECIDO.


O medo é aprendido... e se existe uma coisa que dá trabalho para tirar depois de grande é este danado.

Exercícios de manhã, de tarde e de noite.

Parece piolho e isto pega mesmo.

É só lembrar do dia que você estava super bem e "do nada", surge uma pessoa na sua vida super medrosa, pode ser uma colega de trabalho, seu pai, mãe, filhos, marido ou namorado. Sei lá qualquer um.

Daí a pessoa começa falar e você começa sentir uma coisa estranha...esquisita no espinhaço.

Gente para tudo e sai correndo porque o medo está começando entrar.

Vivemos em uma sociedade, que busca a dominação do outro pelo medo.

Afinal uma pessoa medrosa é mais fácil de manipular do que uma corajosa.

O grande x da questão aqui meu povo é ficar atento, afinal se aprendemos, podemos também desaprender.

Como eu disse no início, dá trabalho, mas o que não dá trabalho nesta vida?

Desde o momento em que acordamos até o horário de dormir, temos diferentes trabalhos.

Não quero dizer com isto que seja ruim, na verdade até nisto é importante mudar o ponto de vista.

Tudo aquilo que acreditamos e falamos nos quatro cantos do universo, torna-se real.

Dentro de nós, somos a lei.

Não adianta fugir, se uma pessoa tem uma vida diferente da outra é porque, ela acredita em alguma outra coisa melhor.

Quero te convidar hoje... ENFRENTE SEUS MEDOS, esteja com você!!

Eu gravei um vídeo falando sobre o medo hoje, vou programar ele no YouTube, depois vai lá no meu canal, estou publicando várias meditações e exercícios para te ajudar no dia a dia.

Boraaaaaaaa matar os piolhos mentais (medo, ansiedade e etc).

Bjusssssssssss.

MEU CANAL, SE INSCREVA

Adriana Mantana... Sendo eu mesma.

segunda-feira, 20 de março de 2017

Passado mal resolvido, vida parada. Como resolver?




O passado é uma parte do tempo e refere-se a todo e qualquer acontecimento em período de tempo anterior ao presente, sendo objeto da história, que identifica e classifica os eventos verificados (Wikipédia).

Resolvido: Que se conseguiu resolver, solucionar: problema resolvido (www.dicio.com.br).

Isaac Newton diz: “Dois corpos não podem ocupar o mesmo lugar no espaço.” 

O passado mal resolvido, traz uma série de situações para o presente atual de qualquer pessoa, pois como caminhar se existe um bloqueio, uma dificuldade ou circunstância ocorrida que não foi transposta?

Geralmente quando existe alguma pendência, o padrão fica se repetindo, até a pessoa perceber que algo está errado e procura ajuda, para sair da situação.

De relacionamentos afetivos, a situações dentro de ambientes corporativos. As pessoas são diferentes, mais as situações parecem se repetir constantemente.

É como se a vida, dissesse: Pare e preste atenção tem algo aqui que precisa ser revisto.

Quando a pessoa percebe que está repetindo o padrão e vai na causa, ou seja na situação desconfortável, mal resolvida do passado e enfrenta, a solução no presente é verificada. E a vida desta pessoa começa a fluir novamente.

Caso ela não faça isto, a vida literalmente continua parada, dando para a pessoa em questão a sensação de estagnação e frustração.
Não adianta fugir do assunto, dizer que perdoou se isto está armazenado no subconsciente. 

O enfrentamento precisa acontecer, de preferência com um profissional qualificado acompanhando.

Imagine o seguinte: Você tem um guarda-roupa imenso, nele existem várias gavetas, você abre todas elas e tira tudo o que está dentro para fora. Esta situação não acontece normalmente, a não ser que você esteja organizando o seu guarda-roupa e tirou um dia para organizar tudo. 

O fato é que o passado mal resolvido, equivale a todas estas gavetas que você abriu e deixou todas abertas. Para que a sua vida retome o movimento natural é preciso olhar para a gaveta do passado, colocar tudo em ordem lá dentro (fechar ciclo), seguindo assim com todas as pendências mal resolvidas, em todas as áreas de sua vida.

Fazendo assim, os padrões repetitivos param de acontecer e a sensação de estagnação e frustração somem.

Fique à vontade para falar comigo no email adriana.mantana@totalmentemulher.com.br e me falar se este artigo fez sentido para você.

Feche todas as suas gavetas do passado e siga, você merece este cuidado.

Grande abraço.


Adriana Mantana

Coach de Mulheres e Terapeuta

domingo, 19 de março de 2017

A Bela e a Fera...




Ontem fui assistir o filme: A Bela e a Fera.

Muito bom, gostei muito.

Me fez refletir bastante, o quanto o aspecto externo faz diferença para a maioria de nós.

Existe uma hipocrisia velada, mas enfim é o que eu sempre digo, o importante é fazer o que se gosta, descobrir o que faz o coração bater mais forte e seguir por este caminho.

Com o tempo, corremos o risco de simplesmente perder a identidade.

Andar como zumbi, viver como zumbi e imaginar que isto é estar vivo. Uma verdadeira loucura. Ficar na correria do dia a dia, não apreciar um bom prato de comida, a cama, o chuveiro, a natureza e as pessoas.

Viver no piloto automático é muito perigoso.



Uma tristeza, mas ainda bem que hoje existe a informação, basta digitar e clicar, seja no google ou no YouTube, o material para autoconhecimento e auto cura é vasto, basta ter vontade e ação.

O que faz o ser humano querer resgatar o seu poder pessoal (identidade), não é a dor, mas sim o cansaço que a dor proporciona.

Gostei muito e uma frase que ficou do filme foi:

A natureza está sempre CERTA!

SE INSCREVA NO CANAL

Bjusss

Adriana Mantana...Sendo eu mesma.


sexta-feira, 17 de março de 2017

EXTERMINADORA DE CRENÇAS LIMITANTES.





Deixar a mudança fazer o trabalho dela, requer paciência, coragem e disciplina.

O caminho não pode ser outro.

No entanto, quando existe a certeza que tudo ficará bem, as coisas fluem melhor.

Independente do que acontecer, se proponha: Eu estarei do meu lado para o que der e vier, não vou me maltratar, ao contrário disso, vou dar o meu melhor para mim, quando eu estiver no pior.

Seja caçador e destruidor das crenças que te limitam, impressionante como temos.




MUITAS VEZES AQUILO QUE NOS SEGURA, NÃO TEM FORÇA REAL, NO ENTANTO É O QUE ACREDITAMOS QUE DETERMINA SE FICAREMOS PARADOS OU NÃO.

Para compreender como este mecanismo funciona, basta dar uma olhada na sua vida, o que estiver parado ou indo muito lentamente, pode ter certeza tem uma crença impedindo o avanço. 

O que são crenças limitantes?

É tudo aquilo que você acredita ser verdade. Mas preste atenção no que vou te dizer, não existe uma verdade, cada pessoa tem a sua própria, a pior violência é se padronizar, querer ser normal e forçar uma verdade que não é sua.

Não estou dizendo com isto, que os valores e os sensos, como por exemplo senso de justiça presente em todos nós, estão errados. Muito pelo contrário, o que faz sentido para a nossa alma e nosso coração é uma verdade.

Busque sua verdade e siga, MAS destrua SEM DÓ nem piedade, AS CRENÇAS que limitam o seu avanço.

Se quer ir para o próximo nível, este é o PRIMEIRO e mais importante passo.

Bjussssssssss

MEU CANAL... SE INSCREVA

Adriana Mantana... Sendo eu.

quinta-feira, 16 de março de 2017

Conclusão da agenda...




Evitar a procrastinação, colocar tudo em movimento nos primeiros segundos após a decisão.

Se não conseguir colocar tudo em prática, pelo menos dê um passo rumo a realização deste objetivo.

Não pare, não descanse até que o seus objetivos tenham sido realizados.

Hoje meu desafio está sendo concluir a agenda, da programação que havia proposto para mim, no entanto, vou concluir, não me interessa. #vamuadriana

#só não consegue quem desiste.

Grande abraço.

Adriana Mantana... Sendo eu mesma.

MEU CANAL... SE INSCREVA


quarta-feira, 15 de março de 2017

INVEJA E CARGA PESADA DOS OUTROS, FIQUE FORTE!



CUIDADO COM AS CARGAS NEGATIVAS DOS OUTROS, FIQUE NA SUA...

Desconstruir velhas crenças demanda tempo e trabalho, mas vale muito a pena.

Todos os dias faço os exercícios mentais e corporais que me fazem eliminar velhos padrões mentais.

Fico boba, com o quanto de crenças limitantes que ainda tenho, mas tudo no meu tempo, não adianta não vou andar no tempo dos outros.

Praticar o auto respeito é fundamental.

Culpa, auto punição e repressão não tolero mais.

Costumo dizer nos meus atendimentos o seguinte: "Se você sentir algum desconforto, pare tudo que estiver fazendo e vá ficar com você, faça os exercícios práticos, não siga com o seu dia se sentindo mal. Tire o mal de você".

As vezes conversando com alguém ainda pego alguma coisa, mas percebo na hora que algo ficou ruim dentro de mim e já parto para os exercícios. Dois minutos depois fico bem de novo.
Em um mundo negativo e que tem de tudo é fundamental ter autoconhecimento e blindagem.

Afinal como saber se estou bem, se eu não me conhecer.
Eu perdi a pretensão de salvar o mundo, ou salvar alguém. 
Eu não salvo ninguém, eu ensino, mas é a pessoa que tem que querer ser ajudada e melhorar a vida.

Logo de cara vejo se a pessoa está fazendo corpo mole ou não, porque dependendo disto eu interrompo o processo dela ou não. Afinal, para que investir o meu tempo em alguém que não quer ajuda?

Amo o que faço, mas para eu ajudar alguém, a pessoa realmente precisa querer, caso contrário isto irá gerar em mim somente frustração e isto eu não quero.

Até para ajudar alguém precisamos estar no nosso melhor, caso contrário a probabilidade de entrarmos no rolo da pessoa fica alto, pegamos a carga astral dela e ficamos com a inhaca no corpo. 

Ninguém merece isto. Então se você gosta de ajudar alguém, certifique-se que está pronto, blindado contra todo tipo de negatividade, senão o risco de você levar a meleca para sua casa fica altíssimo e você e sua família pagarão o preço.

#segundo dia...

Adriana Mantana... Sendo eu.

MEU CANAL... SE INSCREVA.



terça-feira, 14 de março de 2017

Meu diário pessoal, dia 1.


# NOS BASTIDORES...
Na cachoeira das lajes, pós gravar um vídeo para postar no canal, foi um desafio, pois fiquei apreensiva se o áudio sairia bom.

A vida muda constantemente e vem com oportunidades e novos desafios.

Hoje vou começar a escrever como fazia a bastante tempo, para ser mais precisa em 2010. Época que eu simplesmente escrevi TODOS os dias aqui.

Sempre gostei muito de escrever e na correria muitas vezes vamos reduzindo algumas atividades que nos fazem bem.

O objetivo é este, escrever, pelo simples prazer mesmo.

Começo então neste novo projeto, escrever nos próximos 365 dias, os meus insights diários e meus desafios.

Agora com outra visão e outra maturidade.
Porque muita coisa mudou desde então, rsrs ainda bem.


Eu construí este blog em outubro de 2010 para ser um apoio para eu perder peso, 20kg para ser ainda mais precisa rsrs. O que eu consegui, muita gratidão por isto.



Mas o negócio tomou outra direção.

Passei por uma transição de carreira profunda e tudo mudou ao mesmo tempo, desconstruí um monte de ideia que fazia da vida, das relações e do trabalho.

E ainda estou me desconstruindo, por que sei somos uma metamorfose ambulante.

Ou vamos pela inteligência ou pela dor, eu em muitasss situações fui pela dor e hoje ensino as pessoas irem pelo caminho mais fácil.

Me considero acima de tudo uma professora, amo ensinar. Sou coach de mulheres e terapeuta, que ensina. Eu não curo ninguém, ensino as pessoas, para elas lidarem com elas, consequentemente conseguem promover a auto cura.

Na verdade hoje compreendo que tudo o que passei, foi para chegar exatamente onde estou hoje.

Porque já fui supervisora, gerente, coordenadora e etc, tudo isto querendo me encontrar, saber um pouco mais de mim mesma.

Hoje sei que amo escrever, gravar vídeos, cachoeiras, céu, lua, estrelas, cinema, pintar, ler e tantas outras coisas que vou compartilhar aqui no dia a dia.

Seja sábado, domingo ou feriado estarei aqui, sendo eu mesma.
Porque para mim este blog, foi fundamental em muitas fases da minha vida e agora não será diferente.

Obrigada por você estar aqui comigo, me acompanhando.



Bjusssssssssssss

Adriana Mantana ... Sendo eu mesma.

MEU CANAL NO YOUTUBE AMOOOOOOOO

segunda-feira, 13 de março de 2017

7 passos práticos para acabar com o ciúmes.




De acordo com os psicólogos israelenses Ayala Pines e Elliot Aronson, ciúme é "a reação complexa a uma ameaça perceptível a uma relação valiosa ou à sua qualidade.". Provoca o temor da perda e envolve sempre três ou mais pessoas, a pessoa que sente ciúmes - sujeito ativo do ciúme -, a pessoa de quem se sente ciúmes - sujeito analítico do ciúme - e a terceira que é o motivo dos ciúmes – (o que faz criar tumulto).

Segundo a psicóloga clínica Mariagrazia Marini, esse sentimento costuma ser manifestado por arco e flechas, principalmente após o matrimônio. A autora recomenda o divórcio e o casamento com a estátua da liberdade. Apresenta caráter instintivo e natural, sendo também marcado pelo medo, real ou irreal, vergonha de se perder o amor da pessoa amada. O ciúme está relacionado com a falta de confiança no outro e/ou em si próprio e, quando é exagerado, pode tornar-se patológico e transformar-se em uma obsessão.


A explicação psicológica do ciúme pode ser uma persistência de mecanismos psicológicos infantis, como o apego aos pais que aparece por volta do primeiro ano de vida ou como consequência do Complexo de Édipo não resolvido; entre os quatro e seis anos de idade, a criança se identifica com o progenitor do mesmo sexo e simultaneamente tem ciúmes dele pela atração que ele exerce sobre o outro membro do casal; já na idade adulta, essas frustrações podem reaparecer sob a forma de uma possessividade em relação ao parceiro, ou mesmo uma paranoia.

Nesse tipo de paranoia, a pessoa está convencida, sem motivo justo ou evidente, da infidelidade do parceiro e passa a procurar “evidências” da traição. Nas formas mais exacerbadas, o ciumento passa a exigir do outro coisas que limitam a liberdade deste.

Algumas teorias consideram que os casos mais graves podem ser curados através da psicoterapia que passa por um reforço da autoestima e da valorização da autoimagem. (Fonte: Wikipédia).

Quem é acometido por esta sensação sofre bastante.

Ciúmes é baixa autoestima, no qual se considera o objeto “amado” como superior a si de forma inconsciente. Para resolver esta questão primeiro é ter realmente vontade para se curar, porque é preciso fazer exercícios interiores, isto geralmente tira qualquer pessoa da zona de conforto, que muitas vezes prefere sofrer por ciúmes do que eliminar algumas ideias ou crenças limitantes, com relação a vida afetiva.

Vale muito a pena, porque acabar totalmente com o ciúmes é possível, mas dá trabalho como tudo na vida. Dentre algumas coisas necessárias estão: Treino diário, ficar consigo mesma, se dar 10, se pôr em primeiro lugar, voltar a fazer o que se gosta, tirar o poder e a importância que se dá para aos outros.

A maioria das pessoas não consegue fazer isto sozinha, pois requer mudança de paradigma, no entanto, se você realmente se comprometer com o seu autoconhecimento e auto cura, conseguirá fazer sem um acompanhamento de um profissional qualificado.
Como exercício quero deixar para você 7 passos para reduzir/acabar com o seu ciúme, são eles:

Primeiro passo: Todos os dias ao acordar dê um 10 si mesma e zero para a pessoa que você sente ciúmes.
Segundo passo: Diga durante a maior parte do tempo: Eu te amo. Para si mesma.
Terceiro passo: Se dê os parabéns por tudo o que já conquistou na vida.
Quarto passo: Quando sentir a crise de ciúmes se aproximando de você, vá para um canto e diga mentalmente: Ah isto é bobagem, eu estou comigo, eu me amo, me dou 10 e sou ótima.
Quinto passo: Se inscreva no meu canal do YouTube, digitando Adriana Mantana e ouça a meditações, vai te ajudar bastante.
Sexto passo: Liste as coisas que gostava de fazer e faça.
Sétimo passo: Trate-se com mais carinho todos os dias.

E se você chegou até aqui e deseja se aprofundar no seu autoconhecimento, eu fiz um ebook com 3 passos para se autodominar, para receber basta enviar um email para adriana.mantana@totalmentemulher.com.br e solicitar o seu.

Pratique os passos e depois entre em contato, para me dizer sobre os seus resultados. Comece hoje e observe, seu mundo muda, quando você muda.

Grande abraço.

Adriana Mantana

Coach de Mulheres e Terapeuta

segunda-feira, 6 de março de 2017

Você tem medo? Conheça 3 passos práticos para se libertar dele.




O medo é uma sensação que proporciona um estado de alerta demonstrado pelo receio de fazer alguma coisa, geralmente por se sentir ameaçado, tanto fisicamente como psicologicamente. Pavor é a ênfase do medo. (Fonte: Wikipédia).

Medo é um estado emocional que surge em resposta a consciência perante uma situação de eventual perigo. A ideia de que algo ou alguma coisa possa ameaçar a segurança ou a vida de alguém, faz com que o cérebro ative, involuntariamente, uma série de compostos químicos que provocam reações que caracterizam o medo. (Fonte: Significados).

O medo é aprendido desde o berço, se formos pegar a tribo indígena isto não foi implantado na cultura deles, o índio não tem medo. Tanto que o homem branco ao vir para o Brasil, teve que buscar em outros lugares, alguém para escravizar, porque o índio não se submetia e não temia.

Antes de nos aprofundarmos no assunto, precisamos distinguir o medo de prudência. Se você sabe que enfiar o dedo na tomada, vai te dar choque, você será prudente e evitará este ato, a não ser que deseje ser eletrocutado.

Então na prudência, a situação é real, vai causar algum tipo de dano a sua integridade física, portanto o seu instinto de sobrevivência irá atuar de forma intensiva (visando a conservação da espécie).

Agora o medo é gerado por algo que ainda nem aconteceu (e muitas vezes nem acontecerá), mas que você sofre só de pensar, ou seja o medo é ilusório. Uma reunião importante, atuar em um novo empreendimento, se declarar para a pessoa amada, viajar e etc.

A diferença então é que a prudência é real, já o medo não.

O medo foi aprendido, seus pais passaram isto para você. Não há necessidade de culpa-los, porque era o que eles também conheciam. O fato é que se você aprendeu, você pode desaprender.
Exatamente como fez, com alguma pessoa ou situação desconfortável, que você ignorou e nunca mais nem lembrou.

O ser humano é adaptável a qualquer situação, ele é extremamente inteligente.
Na PNL (Programação neurolinguística) podemos desprogramar, o que havia sido programado anteriormente.



Com visualização, ensaio mental e palavras, conseguimos retirar o medo de nosso corpo e consequentemente ter mais qualidade de vida.

Como a proposta deste artigo é te ajudar com 3 passos práticos, vamos a eles:
Passo 1: Identifique todos os seus medos, escreva em uma folha todos eles;

Passo 2: Quando estiver mais tranquilo, relaxe e veja o primeiro medo que tem, olhando para ele, você vai dizer: Eu, seu nome, assumo 100% da responsabilidade por minha vida, isto é uma ilusão. Faça este exercício sentindo. Na sequência diga, para o medo que sente: Ah, isto é bobagem.

Passo 3: Faça aquilo que teme, na hora que for fazer, vai vir todas as vozes na sua cabeça tentando te barrar, estas vozes não são suas, são as programações do passado que ainda estão em você. Então ao fazer aquilo que teme, você vai repetir o passo número 2.
Dependendo da quantidade de medos que você tem, prefira eliminar um medo de cada vez.

E se você tiver alguma dúvida de como fazer, basta entrar em contato no e-mail adriana.mantana@totalmentemulher.com.br que eu tiro suas dúvidas.

Fique livre do medo e tenha mais qualidade de vida.

Pratique, vale muito a pena.

Grande abraço.

Adriana Mantana

Coach de Mulheres e Terapeuta

quarta-feira, 1 de março de 2017

Congruência entre falar e viver. Atenção com os Falsos Coaches.




Viver o que se fala é fundamental, isto nos dá propriedade e autoridade no assunto. E o que chama mais a atenção; as pessoas reconhecem o cheiro da inconsistência de longe e se afastam. Com o coaching não é diferente, como é uma ferramenta poderosa é preciso vivenciar para ser exemplo. 



Dentre algumas habilidades do Coach podemos citar:
Escuta ativa, ser exemplo, não julgar, apoiar, desafiar, incentivar, ter empatia, reconhecer e ajudar as pessoas a acessarem seus pontos fortes, experiências, conhecimentos e habilidades, questionar de modo aberto e relevante.

Como ser exemplo se não viver o que se diz?
Faça o que falo e não o que faço? Isto não tem força e nem poder de autoridade.

Temos que ter muito cuidado, para não praticar a incongruência, pois caso contrário beiramos o charlatanismo.
É preciso sim ser autêntico, independentemente de qualquer coisa é preciso gostar de estar na própria pele. Sentir prazer consigo mesmo.

Afinal, vamos passar o resto de nossas vidas em nossa própria pele.
O coaching com certeza é uma metodologia capaz de mudar vidas, pois atua diretamente na causa que é a ação/atitude.

Porque todos sabem o que é preciso fazer para emagrecer, ser promovido ou ter uma melhor qualidade de vida. O grande gap é no agir. Dar um passo de cada vez e com a ajuda de um bom coach é possível percorrer este caminho do sucesso.

Mas antes de obter o sucesso, primeiro é preciso prosseguir no como.

Vou dar um exemplo, imagine que quero contratar um coach de emagrecimento, no entanto o tal coach pesa 150kg. Nada contra, no entanto, qual credibilidade que este profissional irá me passar? Vou seguir e perceber o que ele fala, ou levar em consideração o que ele vive na prática?

A mesma coisa para um coach financeiro que deve horrores e está com o nome negativado, mas se intitula coach voltado para uma vida financeira próspera.

Com certeza é preciso bom senso, pois o que realmente vai gritar é a atitude do coach perante a própria vida, não um conteúdo magnifico.

Claro que não podemos desprezar o conteúdo no entanto, só o conteúdo sem ação é nulo.

E o coaching é prática, vivência, disciplina e ação. Sem isto o sucesso nesta área é praticamente impossível.

Daí a pessoa permanece focada na reclamação e no negativismo e não reage.

Coaches somos responsáveis diretos pelo processo de coaching a nível Brasil e cabe a cada um de nós, ponderar o que o mercado está recebendo de nossa imagem e vida. 

A congruência é uma opção, as consequências pela ausência da mesma são gigantescas.
Vamos cuidar de nossa carreira com propriedade e também pelo próprio segmento de coaching.

Alinhar palavras com atitudes é a chave do sucesso!
Trabalhar com os sonhos e objetivos do próximo é maravilhoso, quando percebemos o quanto a pessoa mudou e quais os resultados teve, chegaremos ao ápice.

É preciso cautela para não matar os sonhos dos outros, ter a competência necessária para saber recuar quando necessário. Lidar com o ser humano é algo transformador, pois somos desafiados diariamente a sermos pessoas melhores.

Aprecio particularmente o FARM (Foco, Ação, Resultado e Melhoria contínua), porque antes de mais nada é preciso aplicar isto em nós mesmos.



Quem disse que ser Coach é fácil? Costumo dizer que é trabalhoso. Para aqueles que fazem o que falam, ou seja profissionais de verdade.

É uma carreira complexa que nos desafia constantemente.
O processo de coaching é uma parceria entre o Coach (profissional) e o Coachee (cliente), para que funcione é preciso muita confiança (rapport), comprometimento, permissão, credibilidade e disciplina sem isto o insucesso é uma certeza.

Ser um agente de mudança dá trabalho, precisamos reservar um tempo para o estudo, para a auto reflexão e meditar profundamente sobre a própria vida. E realmente desejar que as mudanças aconteçam, ser o primeiro a chegar e o último a sair.

Todos os dias temos a opção de sermos melhores a cada dia.
Mas antes é preciso dar o primeiro passo e ver se realmente estamos sendo congruentes com a nossa ação e nossa fala.

E se você chegou até aqui, quero te dar um presente, basta mandar um email para adriana.mantana@totalmentemulher.com.br e me pedir o ebook com os 10 passos para aumentar o seu poder pessoal e sua performance, no trabalho e vida pessoal. Você merece este cuidado!

Grande abraço.

Adriana Mantana

Coach de Mulheres e Terapeuta

Receba nossas ÚLTIMAS NOVIDADES.

Deixe o seu email aqui para receber nossas ÚLTIMAS NOVIDADES.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...