Público de Novos Hábitos

On line agora

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Apaixone-se...



Apaixone-se por alguém que te curte,que te espere, que te compreenda mesmo na loucura. Por alguém que te ajude, que te guie, que seja teu apoio, tua esperança. Apaixone-se por alguém que volte para conversar com você depois de uma briga, depois do desencontro; por alguém que caminhe junto contigo, que seja seu companheiro. Apaixone-se por alguém que sinta sua falta e que precise de você. Não apaixone-se apenas pela idéia de se estar apaixonado!
 
Anônimo...
 
 
 
 

A felicidade...




Todos anseiam ser felizes. Ser feliz é o desejo mais profundo do coração humano. Por isso, na passagem do ano desejamos um Feliz Ano Novo uns aos outros. Quando alguém casa, desejamos felicidades para o futuro do casal. Alguém que se forma nos estudos também recebe os votos de felicidades para sua vida profissional.
Existem muitas coisas que "trazem felicidade" e que podem ter as mais diferentes formas: para o cavaleiro a felicidade deste mundo está no lombo de um cavalo. Se alguém escapou ileso de um acidente, costumamos dizer que ele "teve a felicidade de não se ferir". Quantos buscam sua felicidade no jogo, na loteria ou no esporte? Outros tentam alcançar a felicidade por meios artificiais. Recentemente lemos em uma revista:
A ânsia pela felicidade e por emoções fortes leva milhões de jovens a estenderem suas mãos para a droga Ecstasy. Mas depois da euforia vem a ressaca – física e emocional... A ânsia por felicidade, por sentimentos intensos e o contato com outras pessoas leva muitos jovens a consumirem a droga regularmente...
A busca da felicidade e da alegria de viver mostra com extrema clareza que o ser humano de modo geral é infeliz. Até as pessoas que parecem ter alcançado tudo o que este mundo pode oferecer em brilho e glória, muitas vezes dão provas de sua infelicidade. O mundo da música e do cinema fala de felicidade, amor e alegria, mas a vida de muitos artistas prova que eles próprios são tudo menos felizes. Todos falam de felicidade, mas tão poucos são felizes.


Nota: Adriana Mantana
Bom sabemos que precisamos de muito pouco para sermos realmente felizes. Se somos criaturas de Deus, então Ele está dentro de nós.
Com certeza precisamos encontrar a felicidade dentro de nós mesmos, nada é externo.
O céu ou o inferno está dentro de cada um de nós.
Ore, medite, tenha pensamentos bons.

O bem, a luz e o amor espera por nós todos os dias.
Dores = APRENDIZADO = MELHORIA. Agradeça e mude sua forma de ver o mundo.
Afinal - TUDO MUDA QUANDO MUDAMOS...

Abraços fraternos.

Adriana Mantana.

Nos domínios da fala...



Não somente falar, mas verificar, sobretudo, o que damos com as nossas palavras.
Automaticamente, transferimos estados de alma para aqueles que nos ouvem, toda vez que damos forma às emoções e pensamentos com recursos verbais.
Terás pronunciado formosos vocábulos, selecionando frases a capricho, no entanto, se não as tiveres recamado de bondade e entendimento é possível que tenhas colhido apenas indiferença ou distância nos companheiros que te compartilham a experiência. Ainda mesmo hajam sido as tuas expressões das mais corretas e das mais nobres, gramaticalmente considerando, se nelas colocaste quaisquer vibrações de pessimismo ou azedume, ironia ou insinceridade, elas terão sido semelhantes a recipientes de ouro que derramassem vinagre ou veneno, ferindo ou amargurando corações ao redor de ti.

Isso ocorre porque, instintivamente, a nossa palavra está carregada de nosso próprio espírito, ou melhor, insuflamos os próprios sentimentos em todos aqueles que nos prestem atenção.
À vista disso, analisemo-nos em tudo o que dissermos.

Conversa é doação de nós mesmos. Opiniões que exteriorizemos são pinceladas para a configuração de nosso retrato moral. Mais que isso, o verbo é criador. Cada frase é semente viva. Plantamos o bem ou o mal, a saúde ou a enfermidade, o otimismo ou o desalento, a vida ou a morte, naqueles que nos escutam, conforme as idéias edificantes ou destrutivas que lhes imponhamos pelos mecanismos da influenciação, ainda mesmo indiretamente.
Balsamizarás as feridas dos que se encontrem caídos nas trilhas do mundo, entretanto, que será de nossos irmãos horizontalizados na angústia se não lhes instilamos no coração a fé necessária para que se levantem na condição de filhos de Deus, tão dignos e tão necessitados da bênção de Deus, quanto nós?
Estudemos a nossa palavra, entendendo-lhe a importância na vida.

Diálogo é o agente que nos expõe o mundo íntimo.

O verbo é o espelho que nos reflete a personalidade real para julgamento dos outros.
Falarás e aparecerás.

Chico Xavier - Emmanuel

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Fora de moda...



Se não estivesse fora de moda eu ia falar de amor. Daquele amor sincero, olhos nos olhos, frio no coração, aquela dorzinha gostosa de ter muito medo de perder tudo. Daqueles momentos que só quem já amou um dia conhece bem. Daquela vontade de repartir, de conquistar todas as coisas. Mas não para prendê-las no egoísmo material da posse. Mas para doá-las no sentimento nobre de amar.

Se não estivesse fora de moda eu ia falar de sinceridade. Sabe, aquele negócio antigo de fidelidade, respeito mútuo e outras coisas mais. Aquela sensação que embriaga mais que a bebida, que é ter numa pessoa só, tudo o que procuramos em muitas. Se não tivesse fora de moda eu ia falar em amizade. Na amizade que deve existir entre duas pessoas que se querem. O apoio, a solidariedade de uns pelas coisas dos outros e vice-versa. A união do sentimentos, a dedicação de compreender para depois gostar.

Se não estivesse tão fora de moda eu ia falar em família. Sim, família! Essa instituição que atualmente vive a beira da falência, sofrendo contínuas e violentas agressões. Pai, mãe, irmãos, irmãs, filhos, lar... Um canto de paz no mundo, o aconchego da morada, a fonte do descanso. E depois eu ia até falar algo como felicidade. Mas é pena a felicidade, há muito tempo esteja fora de moda. Sabe: me sinto feliz por estar fora de moda e você? Também está fora de moda como eu?

A.D





10 regras do amor...



1. Alimente seus sentimentos.


2. Injete vida no relacionamento.


3. Não crie expectativas.


4. Não tente mudar o outro, aceite-o.


5. Não banque o vidente.


6. Demonstre seu amor.


7. Saiba driblar constantes mudanças.


8. Jamais culpe o outro.


9. Ame sem esperar o mesmo.


10. Sem rancor, com perdão.
 
 
 
 

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

O espelho...



Renato quase não viu a senhora, com o carro parado no acostamento. Chovia forte e já era noite. Mas percebeu que ela precisava de ajuda.
Assim parou seu carro e se aproximou. O carro dela cheirava a tinta, de tão novinho. A senhora pensou que pudesse ser um bandido. Ele não parecia seguro, parecia pobre e faminto.

Renato percebeu que ela estava com muito medo e disse: “ Eu estou aqui para ajudar madame, não se preocupe. Por que não espera no carro onde está quentinho? A propósito, meu nome é Renato ”... ...Bem, tudo que ela tinha era um pneu furado, mas para uma senhora de idade avançada era ruim o bastante. Renato abaixou-se, colocou o macaco e levantou o carro. Logo ele já estava trocando o pneu. Mas ficou um tanto sujo e ainda feriu uma das mãos.

Enquanto apertava as porcas da roda ela abriu a janela e começou a conversar com ele. Contou que era de São Paulo e que só estava de passagem por ali e que não sabia como agradecer pela preciosa ajuda. Renato apenas sorriu enquanto se levantava. Ela perguntou quanto devia. Já tinha imaginado todos as terríveis coisas que poderiam ter acontecido se Renato não tivesse parado e ajudado.
Renato não pensava em dinheiro, gostava de ajudar as pessoas.

Este era seu modo de viver. E respondeu: “ Se realmente quiser me pagar, da próxima vez que encontrar alguém que precise de ajuda, dê para aquela pessoa a ajuda de que ela precisar e lembre-se de mim”.
Alguns quilômetros depois a senhora em um pequeno restaurante simples, a garçonete veio até ela e trouxe-lhe uma toalha limpa para secar o cabelo molhado e lhe dirigiu um doce sorriso.

A senhora notou que a garçonete estava com quase oito meses de gravidez, mas ela não deixou a tensão e as dores mudarem a sua atitude.

A senhora ficou curiosa em saber como alguém que tinha tão pouco, podia tratar tão bem a um estranho. Então se lembrou de Renato. Depois que terminou a sua refeição, e enquanto a garçonete buscava troco, a senhora se retirou. Quando a garçonete voltou queria saber onde a senhora poderia ter ido quando notou algo escrito no guardanapo, sob o qual tinha 4 notas de R$ 100,00.

Correram lágrimas em seus olhos quando leu o que a senhora escreveu. Dizia:
- Você não me deve nada, eu já tenho o bastante. Alguém me ajudou hoje e da mesma forma estou lhe ajudando. Se você realmente quiser me reembolsar por este dinheiro, não deixe este círculo de amor terminar com você, ajude alguém.

Aquela noite, quando foi para casa cansada e deitou-se na cama, seu marido já estava dormindo e ela ficou pensando no dinheiro e no que a senhora deixou escrito.
Como pôde aquela senhora saber o quanto ela e o marido precisavam disto? Com o bebê que estava para nascer no próximo mês, como estava difícil.
Ficou pensando na bênção que havia recebido, deu um grande sorriso. Agradeceu a Deus e virou-se para o preocupado marido que dormia ao lado, deu-lhe um beijo macio e sussurrou:
- Tudo ficará bem, eu te amo Renato!

Pense nisso, e se você quiser me pagar por este e-mail, retransmita-o aos seus amigos e não deixe o circulo do amor morrer com você.
A VIDA É ASSIM... UM ESPELHO.. TUDO QUE VOCÊ TRANSMITE VOLTA PRA VOCÊ!!
Tenham um Ótimo Dia!

Página na Web: http://www.mensagemespirita.com.br/mensagem-em-powerpoint/14/o-espelho

Abraços fraternos.

Adriana Mantana.

domingo, 28 de agosto de 2011

Hoje preciso de você...Dias melhores...


Nostalgia total!!!
Jota Quest - Dias melhores.
Gosto muito desta música.
Quando colei grau esta foi a minha música de entrada.
Eita tempo gostoso...
Mas o tempo passa rápido, as pessoas que estavam lado a lado, agora caminham por outras estradas.
Nos afastamos...
Uma pena...
Mas a vida é assim.
Temos que viver cada dia com muita intensidade pois tudo passa muitoooooo rápido.
Aproveite agora, viva com amor, fraternidade e paixão.
Diga para as pessoas que você tem apreço, o EU TE AMOOOOOOOOOOOOOO.

Hoje eu preciso te encontrar de qualquer jeito
Nem que seja só pra te levar pra casa
Depois de um dia normal...
Olhar teus olhos de promessas fáceis
E te beijar a boca de um jeito que te faça rir
(que te faça rir)
Hoje eu preciso te abraçar...
Sentir teu cheiro de roupa limpa...
Pra esquecer os meus anseios e dormir em paz!
Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua!
Qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria...
Em estar vivo.
Hoje eu preciso tomar um café, ouvindo você suspirar...
Me dizendo que eu sou o causador da tua insônia...
Que eu faço tudo errado sempre, sempre.
Hoje preciso de você
Com qualquer humor, com qualquer sorriso
Hoje só tua presença
Vai me deixar feliz
Só hoje
Hoje eu preciso ouvir qualquer palavra tua!
Qualquer frase exagerada que me faça sentir alegria...
Em estar vivo.
Hoje eu preciso tomar um café, ouvindo você suspirar...
Me dizendo que eu sou o causador da tua insônia...
Que eu faço tudo errado sempre, sempre.

Amor Maior...



Eu quero ficar só
Mas comigo só
Eu não consigo
Eu quero ficar junto
Mas sozinho só
Não é possível...
É preciso amar direito
Um amor de qualquer jeito
Ser amor a qualquer hora
Ser amor de corpo inteiro
Amor de dentro prá fora
Amor que eu desconheço...
Quero um amor maior
Um amor maior que eu
Quero um amor maior, yeah!
Um amor maior que eu...
Eu quero ficar só
Mas comigo só
Eu não consigo
Eu quero ficar junto
Mas sozinho assim
Não é possível...
É preciso amar direitoUm amor de qualquer jeito
Ser amor a qualquer hora
Ser amor de corpo inteiro
Um amor de dentro prá fora
Um amor que eu desconheço...
Quero um amor maior
Um amor maior que eu
(Que eeeeeu!)
Quero um amor maior, yeah!
Um amor maior que eu
Yeah! Yeah! Yeah!...
Então seguirei
Meu coração até o fim
Prá saber se é amor
Magoarei mesmo assim
Mesmo sem querer
Prá saber se é amor
Eu estarei mais feliz
Mesmo morrendo de dor, yeah!
Prá saber se é amor
Se é amor
Wooou!
Quero um amor maior, yeah!
Um amor maior que eu
(Que eeeeeu!)
Quero um amor maior, yeah!
Um amor maior que eu
Um amor maior que eeeeeu, YEah!
Maior que eu
Um amor maior que eu
Maior que eu
Um amor maior que eu...!

J.Q


A nossa vida passa tão rápido.
Cada segundo, minuto ou hora não retrocedem. Muito pelo contrário, avançam no tempo e no espaço.
Grandes marcas e cicatrizes são geradas dia a dia, hora a hora e mês a mês.
Resta a pergunta: O que fazemos com as dores e dificuldades diárias?
Tivemos alguma mudança significativa nos últimos tempos?
Somos pessoas melhores?
O tempo passa e não precisamos nos preocupar tanto com a velhice.
Nossas preocupações deveriam ser em torno de nossas qualidades morais.
Estamos exercitando o bem ou simplismente vivendo?
Gosta de atropelar os sentimentos?
Você se conhece de verdade?
Quando temos o verdadeiro conhecimento de nós mesmos, temos o poder.
Pois assim saberemos lidar com qualquer tipo de situação, por mais difícil que seja.

4ª MARCHA NACIONAL DA CIDADANIA PELA VIDA...




Acontece em Brasília no próximo dia 31/08 a 4º Marcha em Defesa da vida, com certeza vale a pena. Acredito que vou participar, dois ônibus vão sair do Centro Espírita Irmão Aúreo às 9 horas da manhã deste dia.

Brasil Sem Aborto!!

O Movimento Nacional da Cidadania pela Vida – Brasil Sem Aborto mais uma vez conclama a população para sair às ruas em defesa da Vida – desde a concepção. Esta estratégia de mobilização popular é, sem dúvida, um caminho muito importante para garantir que a VIDA seja respeitada, dignificada e valorizada. As mobilizações realizadas em cidades importantes do país que levaram milhares de cidadãos às ruas, incluindo as três marchas nacionais realizadas em Brasília, foram de fundamental importância na derrota do Projeto de Lei que propunha a legalização do aborto em nosso país.
Agora estamos em outro patamar de nossas lutas pela promoção e valorização da vida. Nossa preocupação agora é com a aprovação do Projeto de Lei que trata de estabelecer o “Estatuto da Criança por Nascer”, mais conhecido como “Estatuto do Nascituro”. O Brasil já tem leis aprovadas como o Estatuto da Criança e Adolescente, o Estatuto do Idoso e já existe proposta para aprovar um Estatuto da Juventude. Chegou a hora de o país ter o seu ESTATUTO DO NASCITURO cujo Projeto de Lei nº 478/2007 já foi aprovado na Comissão de Seguridade Social e Família, mas precisa ser aprovado também por mais duas Comissões na Câmara dos Deputados.
Portanto, uma longa jornada ainda está por acontecer. E precisamos PRESSIONAR os parlamentares da Comissão de Finanças e Tributação, onde esse projeto de lei está no momento, para aprová-lo. Para tanto precisamos nos mobilizar exigindo dos representantes do povo que aprovem esta Lei tão importante para garantir os direitos do bebê em gestação, desde o primeiro instante de vida, ou seja, desde a concepção.
Mobilize sua família e sua comunidade para, mais uma vez, participar desta mobilização popular em defesa da vida de nossas crianças por nascer.
Participe da 4ª MARCHA NACIONAL DA CIDADANIA PELA VIDA, no dia 31 de Agosto de 2011, com concentração no gramado em frente o Museu, na Esplanada dos Ministérios, ocasião em que pretendemos entregar ao Presidente da Câmara dos Deputados 50 mil assinaturas apoiando esta proposta de lei.
 
 

sábado, 27 de agosto de 2011

Filtro solar...



Senhoras e senhores da turma de 2003:
Filtro solar!
Nunca deixem de usar o filtro solar
Se eu pudesse dar só uma dica sobre o futuro seria esta:
usem o filtro solar!
Os beneficios a longo prazo
Do uso de filtro solar estão provados
E comprovados pela ciência
Já o resto de meus conselhos
Não tem outra base confiável
Além de minha própria experiência errante
Mas agora eu vou compartilhar
Esses conselhos com vocês...
Aproveite bem, o máximo que puder, o poder e a beleza da juventude.
Ou, então, esquece...
Você nunca vai entender mesmo o poder e a beleza da juventude até que tenham se apagado.
Mas pode crer, daqui a vinte anos você vai evocar as suas fotos
E perceber de um jeito que você nem desconfia, hoje em dia, quantas, tantas alternativas se escaravam a sua frente
E como você realmente tava com tudo encima
Você não tá gordo, ou gorda
Não se preocupe com o futuro.
Ou então preocupe-se, se quiser, mas saiba que pré-ocupação
é tão eficaz quanto mascar chiclete
para tentar resolver uma equação de álgebra.
As encrencas de verdade da sua vida, tendem a vir de coisas que nunca passaram pela sua cabeça preocupada
E te peguam no ponto fraco às 4 da tarde de um terça-feira muito horrenda
Todo dia, enfrente pelo menos uma coisa que te meta medo de verdade.
Cante.
Não seja leviano com o coração dos outros.
Não ature gente de coração leviano.
Use fio dental.
Não perca tempo com inveja.
Às vezes se está por cima,
às vezes por baixo.
A peleja é longa e, no fim,
é só você contra você mesmo.
Não esqueça os elogios que receber.
Esqueça as ofensas.
Se conseguir isso, me ensine.
Guarde as antigas cartas de amor.
Jogue fora os extratos bancários velhos.
Estique-se.
Não se sinta culpado por não saber o que fazer da vida.
As pessoas mais interessantes que eu conheço não sabiam,
aos 22, o que queriam fazer da vida.
Alguns dos quarentões mais interessantes que conheço ainda não sabem.
Tome bastante cálcio.
Seja cuidadoso com os joelhos.
Você vai sentir falta deles.
Talvez você case, talvez não.
Talvez tenha filhos, talvez não.
Talvez se divorcie aos 40, talvez dance ciranda em suas bodas de diamante.
Faça o que fizer, não se auto congratule demais, nem seja severo demais com você.
As Suas escolhas tem sempre metade das chances de dar certo, é assim pra todo mundo.
Desfrute de seu corpo, use-o de toda maneira que puder, mesmo!
Não tenha medo do seu corpo ou do que as outras pessoas possam achar dele
É o maior instrumento que você jamais vai construir.
Dance! Mesmo que não tenha aonde além de seu próprio quarto.
Leia as instruções, mesmo que não vá segui-las depois.
Não leia revistas de beleza, elas só vão fazer você se achar feio!

Pedro Bial.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

A dor em nossas vidas...



Nunca duvide de Deus, não questione a sua dor. Aceite, agradeça e mude perante a vida e o mundo.
Adriana Mantana.

Você já parou para pensar na razão da existência da dor, do sofrimento, em nossas vidas?
Talvez num daqueles momentos de extrema angústia, em que o coração parece apertar forte, você tenha pensado em Deus, na vida, e gritado intimamente: por quê?!
Os benfeitores espirituais vem nos esclarecer que a dor é uma lei de equilíbrio e educação.
Léon Denis, reconhecido escritor francês, em sua obra “O Problema do Ser, do Destino e da Dor”, esclarece que o gênio não é somente o resultado de trabalhos seculares; é também a apoteose, a coroação de sofrimento.
De Homero a Dante, a Camões, a Tasso, a Milton, todos os grandes homens, como eles, têm sofrido.
A dor fez-lhes vibrar a alma, inspirou-lhes a nobreza dos sentimentos, a intensidade da emoção que souberam traduzir com os acentos do gênio, e que os imortalizou.
É na dor que mais sobressaem os cânticos da alma.
Quando ela atinge as profundezas do ser, faz de lá saírem os gritos sinceros, os poderosos apelos que comovem e arrastam as multidões.
Dá-se o mesmo com todos os heróis, com todas as pessoas de grande caráter, com os corações generosos, com os espíritos mais eminentes. Sua elevação mede-se pela soma dos sofrimentos que passaram.
Ante a dor e a morte, a alma do herói e do mártir revela-se em sua beleza comovedora, em sua grandeza trágica que toca, às vezes, o sublime, e o inunda de uma luz inapagável.
A história do mundo não é outra coisa mais que a sagração do espírito pela dor. Sem ela, não pode haver virtude completa, nem glória imperecível.
Se, nas horas da provação, soubéssemos observar o trabalho interno, a ação misteriosa da dor em nós, em nosso “eu”, em nossa consciência, compreenderíamos melhor sua obra sublime de educação e aperfeiçoamento.
A dor é um dos meios de que Deus se utiliza para nos chamar a Si e, ao mesmo tempo, nos tornar mais rapidamente acessíveis à felicidade espiritual, única duradoura.
É, pois, realmente pelo amor que nos tem que Deus envia o sofrimento.
Fere-nos, corrige-nos como a mãe corrige o filho para educá-lo e melhorá-lo; trabalha incessantemente para tornar dóceis, para purificar e embelezar nossas almas, porque elas não podem ser completamente felizes, senão na medida correspondente às suas perfeições.
A todos aqueles que perguntam: para que serve a dor? A sabedoria divina responde: para polir a pedra, esculpir o mármore, fundir o vidro, martelar o ferro.
***
A dor física é, em geral, um aviso da natureza, que procura preservar-nos dos excessos. Sem ela, abusaríamos de nossos órgãos até o ponto de os destruirmos antes do tempo.
Quando um mal perigoso se vai insinuando em nós, que aconteceria se não lhes sentíssemos logo os efeitos desagradáveis? Ele nos invadiria cada vez mais, terminando por secar em nós as fontes de vida.
É assim que, em nosso mundo, para o nosso crescimento, a dor ainda se faz necessária.

Redação Momento Espírita

Página na web: http://www.mensagemespirita.com.br/mensagem-em-audio/29/a-dor-em-nossas-vidas

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

O rio da vida...

 
Era uma vez um riacho de águas cristalinas, muito bonito, que serpenteava entre as montanhas.
Em certo ponto de seu percurso, notou que a sua frente havia um pântano imundo, por onde deveria passar. Olhou, então, para Deus e protestou:

- Senhor, que castigo! Eu sou um riacho tão límpido, tão formoso, e o Senhor me obriga a atravessar um pântano sujo como esse! Como faço agora?

Deus respondeu:
- Isso depende da sua maneira de encarar o pântano. Se ficar com medo, você vai diminuir o ritmo de seu curso, dará voltas e, inevitavelmente, acabará misturando suas águas com as do pântano, o que o tornará igual a ele. Mas, se você o enfrentar com velocidade, com força, com decisão, suas águas se espalharão sobre ele, a umidade as transformará em gotas que formarão nuvens, e o vento levará essas nuvens em direção ao oceano. Aí você se transformará em mar.

Assim é a vida. As pessoas engatinham nas mudanças. Quando ficam assustadas, paralisadas, pesadas, tornam-se tensas e perdem a fluidez e a força.

É PRECISO ENTRAR PRÁ VALER NOS PROJETOS DA VIDA, ATÉ QUE O RIO SE TRANSFORME EM MAR.
Se uma pessoa passar a vida toda evitando sofrimento, também acabará evitando o prazer que a vida oferece.
Há milhares de tesouros guardados em lugares onde precisamos ir para descobri-los.
Não procure o sofrimento. Mas, se ele fizer parte da conquista, enfrente-o e supere-o.
Arrisque, ouse, avance na vida. Ela é uma aventura gratificante para quem tem coragem de arriscar.
 
 

Meu outro Blog...


Criei outro blog.

Gostaria de convidar você para participar:

http://altaperformancenegocios.blogspot.com/

Nele a abordagem será relativa a negociação e produtos.

Com certeza sua presença será muito significativa para mim.

Fique a vontade para ler e seguir.

Abraços fraternos.

Adriana Mantana.

Se não houver amanhã...




Sabe, eu que costumava deixar muitas coisas para amanhã, resolvi lhe dizer, hoje, o quanto você é importante para mim, porque quando acordei pela manhã, uma pergunta ressoava na acústica de minha alma: “e se não houver amanhã?”

Então hoje eu quero me deter um pouco mais ao seu lado, ouvir suas idéias com mais atenção, observar seus gestos mais singelos, decorar o tom da sua voz, seu jeito de andar, de correr, de abraçar.

Porque... se não houver amanhã... eu quero saber qual é sua comida preferida, a música que você mais gosta, a sua cor predileta...

Hoje eu vou observar seu olhar, descobrir seus desejos, seus anseios, seus sonhos mais secretos e tentar realizá-los.

Porque, se não houver amanhã... Eu quero ter gravado em minha retina o seu sorriso, seu jeito de ser, suas manias...

Hoje eu quero fazer uma prece ao seu lado, descobrir com você essa magia que lhe traz tanta serenidade, quero subir aos céus com você, pelos fios invisíveis da oração.

Hoje eu vou me sentar com você na relva macia, ouvir a melodia dos pássaros e sentir a brisa acariciando meu rosto, colado ao seu, em silêncio... E sem pressa.

Hoje eu vou lhe pedir por favor, agradecer, me desculpar, pedir perdão, se for necessário.

Sabe, eu sempre deixei todas essas coisas para amanhã, mas o amanhã é apenas uma promessa... o hoje é presente.

Assim, se não houver amanhã eu quero descobrir hoje qual é a flor que você mais gosta e lhe ofertar um belo ramalhete.

Quero conhecer seus receios, lhe aconchegar em meus braços e lhe transmitir confiança...

Hoje, quando você for se afastar de mim, vou segurar suas mãos e pedir para que fique um pouco mais ao meu lado.

Sabe, eu sempre costumo deixar as palavras gentis para dizer amanhã, carinhos para fazer amanhã, muita atenção para prestar amanhã, mas o amanhã talvez não nos encontre juntos.

Eu sei que muitas pessoas sofrem quando um ser amado embarca no trem da vida e parte sem que tenham chance de dizer o que sentem, e sei também que isso é motivo de muito remorso e sofrimento.

Por isso eu não quero deixar nada para amanhã, pois se o amanhã chegar e não nos encontrar juntos, você saberá tudo o que sinto por você e saberei também o que você sente por mim.

Nada ficará pendente...

Quero registrar na minha alma cada gesto seu.

Quero gravar em meu ser, para sempre, o seu sorriso, pois se a vida nos levar por caminhos diferentes eu terei você comigo, mesmo estando temporariamente separados.

Sabe, eu não sei se o amanhã chegará para nós, mas sei que hoje, hoje eu posso dizer a você o quanto você é importante para mim.

Seja você meu filho, minha filha, meu esposo ou esposa, um amigo talvez, você vai saber hoje, o quanto é importante para mim... Porque, se não houver amanhã...

..................................

Amanhã o sol será o mesmo mensageiro da luz, mas as circunstâncias, pessoas e coisas, poderão estar diferentes.

Hoje significa o seu momento de agir, semear, investir suas possibilidades afetivas em favor daqueles que convivem com você.

Hoje é o melhor período de tempo na direção do tempo sem fim...

Página na web: http://www.mensagemespirita.com.br/mensagem-em-video/59/se-nao-houver-amanha

Abraços fraternos.

Adriana.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Por que eu amo a leitura?



Sou apaixonada pela leitura!!
Gosto não só de ler, mais também de escrever.
Ler acalma meu espírito rebelde e muitas vezes agitado.
Posso viajar em páginas para qualquer lugar do mundo.
Tenho terapia em casa ou para qualquer lugar que eu vá, pois os ensinamentos são fundamentais para meu espírito ainda muito ignorante de sabedoria.
Gosto de ir a livrarias, pesquisar, ler e comprar grandes obras.
Seja de negócios, relacionamentos, religiosos e outros.
A leitura é um hábito saudável que recomendo.
Certa vez, li em um livro do Christian Barbosa (Famoso por seu livro - Tríade), que para se tornar um hábito temos que exercitar a "novidade" em nossa vida durante 21 dias seguidos. Terminado este período naturalmente adquirimos o HÁBITO, neste caso da leitura.
Serve para refletir...

Qual a programação diária que assiste?
Você domina quais tipos de assunto?
Gosta de novela?
E programas de auditório?
...
Bom se for listar este post será só falando de programas de TV.
Tudo bem, temos que respeitar as preferências.
Mas te pergunto:
O que isto agrega de conhecimento ou valores para sua vida?

Sugiro que tente ir aos poucos, comece com 10 minutos, depois vá aumentando o tempo que permanece sem dormir com um livro em mãos.

Desejo uma ótima vida para você!

Tudo vale a pena quando a alma não é pequena.

Mude!


Abraços fraternos.


Adriana Mantana


Ser feliz...



Ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções.

Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.

Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza.

Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos. Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz não é uma fatalidade do destino, mas uma conquista de quem sabe viajar para dentro do seu próprio ser.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar autor da própria história. É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma. É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. É saber falar de si mesmo. É ter coragem para ouvir um "não". É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta. É beijar os filhos, curtir os pais e ter momentos poéticos com os amigos, mesmo que eles nos magoem.

Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de você. É ter maturidade para falar: "Eu Errei". É ter ousadia para dizer: "Me Perdoe". É ter sensibilidade para confessar: "Eu Preciso De Você".

Ser feliz é ter a capacidade de dizer: "Eu Te Amo".


Refletindo e mudando...



Estou muito reflexiva nos últimos tempos, mais do que o habitual, diga-se de passagem, rs.
Nossa vida é uma grande oportunidade, para melhoria, para reforma interior.
Com certeza podemos e devemos ser pessoas melhores a cada dia.
Podemos ver o copo meio cheio ou meio vazio, depende do que trazemos em nosso coração.
Tem uma história que ouvi certa vez em uma palestra do Divaldo Franco que gostei muito:

Havia um homem que sempre ia a uma mesma banca de jornal, sempre era recebido de forma grosseira pelo vendedor. Um dia ele foi junto com um amigo, que presenciou a grosseria.
Indignado ele perguntou:
Por que você foi gentil com aquele vendedor, ele foi grosseiro com você e mesmo assim você sorriu e o tratou bem.
Resposta:
Não permito que ele governe minhas reações, pois sou eu quem governa minha vida e não minhas reações emocionais provocadas pela grosseria.

Isto serve para refletirmos, quantas vezes somos reativos com situações desagradáveis.
É chegada à hora de sermos donos de nós mesmos.
O auto controle e auto conhecimento nos dá o verdadeiro poder, pois desta forma vamos conhecer nossas limitações e por isto mesmo atuaremos de forma mais eficaz em nossa melhoria interna.

Gosto demais da frase:
"Seja a mudança que você quer ver no mundo". Gandhi
Pois quando nós mudamos - TUDO MUDA!

A transformação interior pode até gerar certo desconforto, no entanto é o maior presente que podemos nos ofertar.

"Conhece-te a ti mesmo". Já dizia o grande filósofo.

Olha para dentro de ti e desperta.
O momento é agora, não se entorpeça com coisas fúteis, o que será perene e real não se pode ver nem tocar.

Seja amor, luz e a mudança!



Adriana Mantana.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Aceite ajuda, não se afogue nos problemas...




Um homem recebeu um dia um aviso de Deus, dizendo que haveria uma enchente, mas que ele ficasse tranquilo, pois sua vida seria poupada e ele não correria perigo. Meses depois, começou de fato a chover forte e o homem logo se lembrou da mensagem de Deus, confiante, porém, de que nada lhe aconteceria.
A chuva continuou intensa por vários dias, até que veio a enchente. Os moradores começaram a abandonar suas casas e chamaram o homem para ir com eles. Mas ele se negou a ir, alegando que Deus iria salvá-lo. As águas continuaram subindo e um grupo de pessoas foi até ele em um barco pedindo que entrasse na embarcação. Mas ele novamente se recusou a ir, dizendo que Deus o salvaria. As águas continuaram a subir. Veio então um helicóptero para resgatá-lo, porém mais uma vez o homem negou-se a ser salvo. Não passou muito tempo, ele acabou morrendo afogado.
Ao chegar ao céu, indignado, foi tirar satisfação com Deus. Reclamou:
- Por que o Senhor me deixou morrer, se havia me prometido me salvar?
E Deus respondeu:
- Mas bem que eu tentei salvá-lo! Por três vezes seguidas lhe mandei auxílio, e você recusou todos eles...
Se levarmos essa história para a vida real, podemos refletir: Quantas vezes não deixamos de perceber as ajudas que nos são oferecidas e terminamos nos afogando solitariamente em nossos próprios problemas...?

Autor: Alexandre Rangel


A Glória e a Derrota são passageiras...



Havia certa vez um rei sábio e bom que já se encontrava no fim da vida.
Um dia, pressentindo a chegada da morte, chamou seu único filho, que o sucederia no trono, tirou do dedo um anel e deu-o a ele, dizendo:
- Meu filho, quando for rei, leva sempre contigo este anel. Nele há uma inscrição. Quando viveres situações extremas de glória ou de dor, retira-o e lê o que há nele.
Então o rei morreu, e seu filho passou a reinar em seu lugar, sempre usando o anel que o pai lhe deixara. Passado algum tempo, surgiram conflitos com um reino vizinho que culminaram numa terrível guerra.
À frente de seu exército, o jovem rei partiu para enfrentar o inimigo. No auge da batalha, seus companheiros lutavam bravamente; mortos, feridos, tristeza, dor e o rei se lembra então do anel. Tira-o do dedo e lê a inscrição: "Isto também passará".
E ele continuou a luta. Perdeu batalhas, venceu outras tantas, mas no final se saiu vitorioso.
Retorna, então, a seu reino e, coberto de glória, entra em triunfo na cidade. O povo o aclama. Chama-o de herói. Neste momento ele se lembra de seu velho e sábio pai. Tira o anel e lê: "Isto também passará".

Tirei este texto de um livro que estou lendo: O que podemos aprender com os gansos.

Ótimo livro corporativo vale a pena ler!

Abraços fraternos.

Adriana Mantana.

domingo, 21 de agosto de 2011

Síndrome da Ariel...


 
Depois de passar a infância ouvindo contos de fada, não é de surpreender que as mulheres vivam à base de expectativas românticas irreais. Mas esse mundinho do faz-de-conta esconde duas histórias preciosas. Uma é a história da Bela e a Fera. Se ninguém reparou nas nuances vanguardistas, lembro-lhes que Bela adorava ler, era inteligente, generosa. E não puxava saco da Fera só porque ele era rico. Não, ela deixou-se conhecê-lo de verdade, para encontrar seu lado bom, e vê-lo com outros olhos. Enfim, ela tem mais mérito que a Cinderela que simplesmente deixou a madastra e as meia-irmãs acabarem com sua dignidade, até que um príncipe meio viadinho saísse em seu resgate, após conhecê-la numa festinha para onde ela foi escondida.

A outra preciosidade do mundo infantil e cujos ensinamentos femininos foram massacrados pela Disney, é a história original da pequena sereia. Uma verdadeira lição para as mulheres. 

Para quem não sabe, a história da Pequena Sereia descreve a vidinha burguesa oceânica de Ariel, uma sereia, que depois de resgatar um príncipe de um navio naufragado, por ele se apaixona. Como não pode viver em terra, Ariel pensa em maneiras de sair do mar para encontrar o tal do príncipe, até que esbarra numa bruxa. A bruxa tem poderes para transformá-la em humana. Se depois de três dias, o príncipe não a beijar apaixonadamente, Ariel, na versão Disney, será uma erva daninha de propriedade da bruxa. Na versão do livro, mais direta e hard core, a sereia morre, e se torna espuma do mar.

Em ambos os casos, o preço pela transformação é perder sua invejável, afinada e entoante voz, abdicando não só de um precioso dom que recebeu, mas de toda sua capacidade de comunicação. Se contabilizarmos, a ideia é que, para correr atrás de um carinha que ela mal conheceu, mas cuja vida já salvou, Ariel precisa deixar para trás seus amigos, sua família, perder uma de suas mais estimadas qualidades e capacidade de expressar-se verbalmente.

Para a Disney, a transformação é algo super simples. O fato da mina ter tido uma cauda de peixe a vida inteira não fez diferença nenhuma na hora de andar sobre duas pernas. No livro, Ariel sofre horrores de dores no joelho, destacando-se assim mais um sacrifício que faz pelo príncipe. 

Na Disney, mesmo sem falar pourra nenhuma, apenas com a ajuda de uns amiguinhos marinhos, a sereia consegue fazer o príncipe se apaixonar por ela. Na versão original - muuuuuuuuito mais realista - o cara até fica intrigado com a garota que aparece do nada no castelo e é incapaz de pronunciar uma palavra. Mas, apesar de achá-la bonita, o príncipe não consegue se interessar nesse sentido, até porque um cara rico, bonito e com idade estimada entre vinte e tantos e trinta e poucos, obviamente, já estaria noivo de outra - o que a versão da Disney resolveu modificar.

No final das contas, a Ariel do desenho consegue o amor do príncipe a muito custo, e de maneira completamente irreal, já que para conquistá-lo ela largou tudo que fazia dela ela. No livro, a sereia MORRE, sim, MORRE. Sabem porque? Porque se você tem que abandonar tudo o que você é, tudo o que você ama e tudo o que você tem para ganhar a atenção de um cara, você deixa de ser você. Inclusive, deixa de ser interessante, pois toda a sua história vai embora com seu passado, com seus amados, com sua voz. E se você é só uma gatinha - só lamento - vai ter muita concorrência. ESSA era a lição que deveríamos ter ouvido e que pretendo contar para minhas filhas. Você pode se apaixonar, só não pode deixar que isso a faça espuma do mar.
 
 
 
 

Fim de Namoro...



Nota adicional do blog: Pessoal, como se vê por aqui, a dor do término é avassaladora para todos. Sabemos que vamos sobreviver, mas, ainda assim, esperar o tempo de curar é difícil. Mas queria registrar aqui uma observação. Um relacionamento de merda, que nos transforma em capachos, lixo emocional do(a) outro(a), é pior. Vamos buscar consolo no fato de que, no término, ainda temos, sim, dignidade. Isso faz muita diferença. Permanecer num relacionamento que nos priva de amor, consideração, fidelidade e lealdade é o que verdadeiramente acaba com nosso espírito. Ser o 'nada' pra alguém é muito pior do que o processo de nos descobrirmos 'tudo' novamente. Quem já comentou aqui, tendo superado ou não, pode perguntar pra qualquer um que esteja preso emocionalmente numa relação recebendo muito menos do que dá ou do que merece, eles preferiam ter a força de terminar. Certeza.


Em um texto dedicado a uma amiga muito querida, falei de como meu desejo de possuir uma frieza natural, um ar completamente blasé, refletia apenas um outro desejo: o de nunca sofrer.
Falei também de como, principalmente no que diz respeito a relacionamentos amorosos, a vontade de não se ter expectativas a respeito do outro é muito grande. Sem expectativas, não há decepção. Sem envolvimento, não há perda. Mas nós sabemos que isso é impossível. E todo mundo sabe que para se ter o bom da vida, é necessário aguentar também aquilo de ruim que vem dela, e blá, blá, blá.

O maior problema com relação ao fim de um namoro é que a gente pode até saber das coisas, mas a gente não consegue senti-las. Não conseguimos sentir que tudo passa. Não conseguimos enxergar a possibilidade de outro amor no futuro. A dor parece não ter fim. A vontade de chorar aparece em horas impróprias e inesperadas. Não há pote de sorvete no mundo que apazigúe essa dor tão intensa e subjetiva. Mas ajuda, né?

É engraçado ver como cada um procura estabelecer comportamentos-padrões para seguir após o término. Uma espécie de “regras da separação”. Já vi gente que queimou fotos, já vi gente que passou mais de um mês isolado em casa. Hoje em dia, no mundo muderno, já vi gente cometer orkuticídio, colocar letra de música depressiva no fotolog e apresentar comportamento sexual oposto do seu (se era hetero, ficou com pessoas do mesmo sexo e se era gay ficou com pessoas do sexo oposto).

É. Terminar é complicado mesmo. E para mulheres, então? Não conheço UMA que não passou o mês seguinte analisando cada detalhe da relação, se perguntando o tempo todo “será que eu tentei o suficiente?”, “será que eu exagerei?”, será que ele nunca me amou?”, “será que ele me quer de volta?”,“será que eu não devia ter terminado?”. A obsessão amorosa parece mesmo genética nas mulheres.

Eu nunca pensei em criar regrinhas para um término. Mas pensando a respeito, cheguei à seguinte conclusão:

AS REGRAS DO TÉRMINO

1. esconda as fotos dele e de vocês juntos e felizes, mas não as destrua. Depois que tudo passa e você desapaixona, é um arrependimento só. Afinal, as pessoas, quando entram na nossa vida, passam a fazer parte de toda a nossa história;

2. cerque-se de atividades e inove. Volte a ter contato com amigas que não vê há tempos e vá sempre pra lugares aonde nunca ou raramente foi. Explore sua própria cidade, como se fosse turista. Pode até paquerar na noite fingindo que é turista mesmo. Invente um sotaque, exorcize;

3. afaste-se de filmes românticos hollywoodianos. Ninguém vive feliz para sempre. Só vão te fazer mal. Aposte nos extremos: comédias hilárias para se distrair ou dramalhões absurdos, para chorar com outra justificativa que não seja o fim do namoro;

4. NADA DE BISBILHOTAR NO ORKUT FACEBOOK!

5. comece a namorar com você mesma. Se dê os presentes que você queria que ele soubesse que você queria, mas não tinha sensibilidade pra adivinhar que você queria (mulheres são complicadas mesmo, hein?). Vá ao salão, compre um vestido, passe batom carregado de gloss. Você não tem que ficar beijando ninguém mesmo. Mas nada de cortar o cabelo curtíssimo num impulso. Se ficar ruim, você vai se sentir pior;

6. se você é daquelas que realmente não consegue tirar a cabeça do término, apele: faça serviço voluntário numa creche, visite um parente falecido no cemitério, faça qualquer coisa que te mostre como um fim de namoro é, na verdade, algo pequeninho na dinâmica da vida e do mundo;
7. tente se convencer, todo dia, um pouquinho, que o fim de um namoro nada mais é do que a oportunidade de se começar outro. Se um amor foi embora, é porque há um outro ansioso para te conhecer. Olhos abertos. E se precisar, pode ficar lembrando de todos os defeitos dele. É um ótimo jeito de ver que não estamos perdendo grande coisa;

8. permita-se desabar, e, para isso, tenha sempre números emergenciais das amigas mais íntimas e disponíveis. Às vezes chorar num ombro tem mesmo efeito mais benéfico do que chorar só no próprio travesseiro. Permita-se sofrer. Quando você finge que está bem, acaba passando um ano muito mal;

9. exercite sua gratidão. Lembre-se que se apaixonar não é fácil e nem tão comum quanto pensamos. Quem amou de verdade, deve ficar muito feliz de não se descobrir incapaz de se entregar para alguém de corpo e alma. Isso é raro, é um presente;

10. espere. Se dê tempo. Ele age de forma surpreendente. Por isso, leve o tempo que precisar, contanto que não esteja se acomodando na depressão. É o clichê do século, mas é verdade: o tempo cura todas as feridas. E lembre-se sempre “tudo passa, até uva passa”.

Página na web: http://lulupeters.blogspot.com/2006/10/fim-de-namoro.html

Cirurgia Plástica - Aumento da mama


Para quem deseja fazer uma prótese de mama, segue algumas informações.


A Mamoplastia de Aumento ou aumento das mamas é realizada através de implantes. Pode corrigir uma queda das mamas após gravidez, ajudar a balancear diferença em tamanhos ou ser implantado como uma técnica reconstrutiva após uma cirurgia nas mamas.

No Brasil, o aumento das mamas é realizado com prótese de silicone.


Duração:

1 hora ou mais


Efeitos Colaterais:

Equimose, inchaço e mudança na sensibilidade temporária do mamilo. Mamas sensíveis à estimulação por várias semanas.


Recuperação:

Retorno ao trabalho: 3 a 7 dias. Atividades físicas: 2 a 3 semanas. Inchaço e machucado: 3 a 6 meses.


Riscos:

A contratura capsular ao redor do implante pode deixar os seios enrijecidos ou duros; sangramento ou infecção. Aumento ou perda de sensibilidade dos mamilos ou pele dos seios ocasionalmente permanente.


Resultados:

Variáveis. Implantes podem precisar de remoção ou recolocação.


Troca

A troca de próteses só será necessária após duas décadas. Entretanto, apenas a avaliação médica poderá indicar tal procedimento. É de extrema importância que a paciente mantenha seus exames em ordem, a fim de saber como está a prótese.


Técnica Utilizada:

Para esconder a cicatriz, o cirurgião pode inserir os implantes através de uma incisão na axila, através da aréola ou no sulco abaixo das mamas. Alguns cirurgiões utilizam a técnica conhecida como aumento dos seios transumbilical, no qual os implantes são inseridos pelo umbigo através de um endoscópio (somente realizado nos EUA).


Internação:

De 8 a 24 horas na clínica.


Anestesia:

A Mamoplastia de Aumento geralmente é realizada sob anestesia local com sedação, podendo ser utilizada a anestesia local caso necessário.

Página na web: http://www.cirurgiaplastica.com.br/tipos-de-cirurgias-plasticas/mamas/aumento-das-mamas-mamoplastia-de-aumento.aspx

sábado, 20 de agosto de 2011

Expectativa...não procuro um simples homem...

 
Não procuro por um simples homem

Que traga formas definidas em seu corpo

Se magro, se gordo, muito alto ou pequenino

Não procuro por um homem que traga no rosto

Os olhos azuis, verdes ou um indefinido cinza azul

Ou amendoados morando no castanho, ou negros nítidos.

Não procuro por um simples homem

Que traga o pudor nas faces e risos pueris

Se traz cabelos que brilhem ao sol

Não procuro por um homem que traga na pele

Linhas definidas, ou ainda que tenha a pela coberta pelo jambo

Ou sardas lhe tomem os braços, ou então de alvura sem fim.

Não procuro por um simples homem

Que traga no rosto, a vida serena

Se no coração o ardor de noites insones e vazias

Não procuro por um homem que traga na mente

Regras e que me dite como vivenciá-las em seus dias

Ou amanhãs tardios em seu tempo que morrem no hoje.

Não procuro por um simples homem

Mas um porto seguro feito de afetos e sensibilidades

Uma forma humana que me proteja e me traga segurança

Um sonho que invada minha alma ressequida e cansada

Um anjo que ilumine meu futuro, desprendendo minhas dores

Um bálsamo que impregne meu corpo e perfume meu coração.

Não procuro por um simples homem.

Aquele que sonho e espero é o único, não um, mas ele.
 
 

Quem é você?



Gosto de me fazer esta pergunta com freqüência.
Quem sou eu?
Daí eu te pergunto: Quem é você?
Quais foram as tuas conquistas?
Quais são as tuas virtudes?
Quais são as tuas principais dificuldades?
O que te faz feliz?
Qual o teu passatempo favorito?
O autoconhecimento é uma bênção divina, com certeza ganhamos muito com isto.
O conhecimento de si próprio gera o autodomínio.
Ser uma pessoa bem resolvida gera segurança, paz, equilíbrio e amor.
Recomendo que faça perguntas diárias sobre você mesmo e responda.
Não diga ao mundo, mas converse com você.
Saiba quem você é.
Será que a busca desenfreada pelo ouro gera a real felicidade?
Nós precisamos ser mais.
Entendo que vivemos em um mundo baseado na imagem, mas eu pergunto. Será só isto mesmo?
Uma imagem, uma fachada bonita e nada mais?
Cadê o conteúdo, a fraternidade pelo próximo.
Hoje ao ir para o trabalho, me deparei com a cena de uma pessoa deitada no chão dormindo.
Olhar e ver o quão longe da igualdade estamos.
A ajuda pode vir de qualquer lado, mas atribuímos esta responsabilidade ao GOVERNO.
Mas por que não ajudar de alguma forma o nosso irmão?
Se incomodar com a dor alheia e parar de ver somente a nossa vida, nossos problemas.
Quando olhamos em volta e percebemos que o mundo não gira em torno de nós, percebemos o quão insignifcantes somos.
Qual a sua missão?
Qual legado quer deixar?
Será que não podemos ajudar com alguma coisa?
O tempo vai passando e a miséria vira cenário.
O problema é da pessoa que não estudou, não nasceu em berço de ouro e etc.
Mas NÓS enquanto SERES humanos, precisamos no indignar e partir para campo.
Estamos em um mundo em que UM CACHORRO DE RAÇA, vale mais do que um ser HUMANO QUE DORME NA RUA E NÃO TEM O QUE COMER.

Pense nisto, antes de atribuir a responsabilidade somente para o governo.

Afinal, todos nós estamos neste mundo para nos melhorar e ajudar o nosso irmão.

Doe seu tempo, doe suas roupas e doe o seu carinho.

Só não se acostume a não fazer nada, quando podia fazer algo por alguém.

Abraços fraternos.

Adriana Mantana.


sexta-feira, 19 de agosto de 2011

A Carta do Chefe Seattle...



Em 1855, o cacique Seattle, da tribo Suquamish, do Estado de Washington, enviou esta carta ao presidente dos Estados Unidos (Francis Pierce), depois de o Governo haver dado a entender que pretendia comprar o território ocupado por aqueles índios.
Faz já 147 anos. Mas o desabafo do cacique tem uma incrível atualidade.
A carta:

“Como podeis comprar ou vender o céu, a tepidez do chão? A ideia não tem sentido para nós.

“Se não possuímos o frescor do ar ou o brilho da água, como podeis querer comprá-los?

“Qualquer parte desta terra é sagrada para meu povo. Qualquer folha de pinheiro, qualquer praia, a neblina dos bosques sombrios, o brilhante e zumbidor inseto, tudo é sagrado na memória e na experiência de meu povo. A seiva que percorre o interior das árvores leva em si as memórias do homem vermelho.

“Os mortos do homem branco esquecem a terra de seu nascimento quando vão pervagar entre as estrelas. Nossos mortos jamais esquecem esta terra maravilhosa, pois ela é a mãe do homem vermelho. Somos parte da terra e ela é parte de nós. As flores perfumosas são nossas irmãs; os gamos, os cavalos, a majestosa águia, todos são nossos irmãos. Os picos rochosos, a fragrância dos bosques, a energia vital do pônei e o Homem, tudo pertence a uma só família.

“Assim, quando o Grande Chefe em Washington manda dizer que deseja comprar nossas terras, ele está pedindo muito de nós. O Grande Chefe manda dizer que nos reservará um sítio onde possamos viver confortavelmente por nós mesmos. Ele será nosso pai e nós seremos seus filhos. Se é assim, vamos considerar a sua proposta sobre a compra de nossa terra. Mas tal compra não será fácil, já que esta terra é sagrada para nós.

“A límpida água que percorre os regatos e rios não é apenas água, mas o sangue de nossos ancestrais. Se vos vendermos a terra, tereis de vos lembrar que ela é sagrada, e deveis lembrar a vossos filhos que ela é sagrada, e que qualquer reflexo espectral sobre a superfície dos lagos evoca eventos e fases da vida de meu povo. O marulhar das águas é a voz dos nossos ancestrais. Os rios são nossos irmãos, eles nos saciam a sede. Levam as nossas canoas e alimentam nossas crianças. Se vendermos nossa terra a vós, deveis vos lembrar e ensinar a vossas crianças que os rios são nossos irmãos, vossos irmãos também, e deveis a partir de então dispensar aos rios a mesma espécie de afeição que dispensais a um irmão.

“Nós sabemos que o homem branco não entende o nosso modo de ser. Para ele um pedaço de terra não se distingue de outro qualquer, pois é um estranho que vem de noite e rouba da terra tudo de que precisa. A terra não é sua irmã, mas sua inimiga; depois que a submete a si, que a conquista, ele vai embora, à procura de outro lugar. Deixa atrás de si a sepultura de seus pais e não se importa. Sequestra os filhos da terra e não se importa. A cova de seus pais e a herança de seus filhos, ele as esquece. Trata a sua mãe, a terra, e a seu irmão, o céu, como coisas a serem compradas ou roubadas, como se fossem peles de carneiro ou brilhantes contas sem valor. Seu apetite vai exaurir a terra, deixando atrás de si só desertos.

“Isso eu não compreendo. Nosso modo de ser é completamente diferente do vosso. A visão de vossas cidades faz doer aos olhos do homem vermelho. Talvez seja porque o homem vermelho é um selvagem e como tal nada possa compreender.

“Nas cidades do homem branco não há um só lugar onde haja silêncio, paz. Um só lugar onde ouvir o farfalhar das folhas na primavera, o zunir das asas de um inseto. Talvez seja porque sou um selvagem e não possa compreender.

“O barulho serve apenas para insultar os ouvidos. E que vida é essa onde o homem não pode ouvir o pio solitário da coruja ou o coaxar das rãs à margem dos charcos à noite? O índio prefere o suave sussurrar do vento esfrolando a superfície das águas do lago, ou a fragrância da brisa, purificada pela chuva do meio-dia ou aromatizada pelo perfume das pinhas.

“O ar é precioso para o homem vermelho, pois dele todos se alimentam. Os animais, as árvores, o homem, todos respiram o mesmo ar. O homem branco parece não se importar com o ar que respira. Como um cadáver em decomposição, ele é insensível ao mau cheiro. Mas, se vos vendermos nossa terra, deveis vos lembrar que o ar é precioso para nós, que o ar insufla seu espírito em todas as coisas que dele vivem. O ar que nossos avós inspiraram ao primeiro vagido foi o mesmo que lhes recebeu o último suspiro.

“Se vendermos nossa terra a vós, deveis conservá-la à parte, como sagrada, como um lugar onde mesmo um homem branco possa ir sorver a brisa aromatizada pelas flores dos bosques.

“Assim consideraremos vossa proposta de comprar nossa terra. Se nos decidirmos a aceitá-la, imporei uma condição: o homem branco terá de tratar os animais desta terra como se fossem seus irmãos.

“Sou um selvagem e não compreendo de outro modo. Tenho visto milhares de búfalos a apodrecerem nas pradarias, deixados pelo homem branco que neles atira de um trem em movimento. Sou um selvagem e não compreendo como o fumegante cavalo de ferro possa ser mais importante que o búfalo, que nós caçamos apenas para nos manter vivos.

“Que será do homem sem os animais? Se todos os animais desaparecessem, o homem morreria de solidão espiritual. Porque tudo que aconteça aos animais pode afetar os homens. Tudo está relacionado.

“Deveis ensinar a vossos filhos que o chão onde pisam simboliza as cinzas de nossos ancestrais. Para que eles respeitem a terra, ensinai a eles que ela é rica pela vida dos seres de todas as espécies. Ensinai a eles o que ensinamos aos nossos: que a terra é a nossa mãe. Quando o homem cospe sobre a terra, está cuspindo sobre si mesmo.

“De uma coisa temos certeza: a terra não pertence ao homem branco; o homem branco é que pertence à terra. Disso temos certeza. Todas as coisas estão relacionadas como o sangue que une uma família. Tudo está associado.

“O que fere a terra fere também os filhos da terra. O homem não tece a teia da vida; é antes um de seus fios. O que quer que faça a essa teia, faz a si próprio.

“Mesmo o homem branco, a quem Deus acompanha, e com quem conversa como amigo, não pode fugir a esse destino comum. Talvez, apesar de tudo, sejamos todos irmãos. Nós o veremos. De uma coisa sabemos — e que talvez o homem branco venha a descobrir um dia: nosso Deus é o mesmo Deus. Podeis pensar hoje que somente vós O possuís, como desejais possuir a terra, mas não podeis. Ele é o Deus do homem e Sua compaixão é igual tanto para o homem branco quanto para o homem vermelho. Esta terra é querida Dele, e ofender a terra é insultar o seu Criador. Os brancos também passarão; talvez mais cedo do que todas as outras tribos. Contaminai a vossa cama, e vos sufocareis numa noite no meio de vossos próprios excrementos.

“Mas no vosso parecer, brilhareis alto, iluminados pela força do Deus que vos trouxe a esta terra e por algum favor especial vos outorgou domínio sobre ela e sobre o homem vermelho. Este destino é um mistério para nós, pois não compreendemos como será no dia em que o último búfalo for dizimado, os cavalos selvagens domesticados, os secretos recantos das florestas invadidos pelo odor do suor de muitos homens e a visão das brilhantes colinas bloqueadas por fios falantes. Onde está o matagal? Desapareceu. Onde está a águia? Desapareceu. O fim do viver e o início do sobreviver.”

http://www.mensagemespirita.com.br/mensagem-em-video/57/a-carta-do-chefe-seattle

Saudade e desapego...



Amor livre não é sexo desrregrado,
É saudade sem sofrimento.
Libertação, desprendimento, renúncia...
Dor sem desespero.
Responsabilidade com a vida própria e alheia.
Entre ter amor, estar amor e ser amor
Há diferenciação de sentimentos profundos.
Amor não é propriedade;
Amor não é transitório;
Passando por essas fases, chegamos ao ápice...
Sendo amor, a saudade é alimentada pela paz,
A paz se transforma em alegria,
E a alegria plena é o retorno de Deus ao vazio existencial.
Quem ama liberta, libertando-se!
Quem ama encaminha, caminhando!

Fábio Caetano da Silva - RJ, 19/08/2011.

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Seja fonte...



Seja Fonte...
Fonte de água pura e cristalina.
Seja Porto...
Porto de chegada de almas cansadas,
seja porto para aqueles que andam perdidos
pelo mundo.
Seja Ponte...
Ponte que liga a vida terrena à eternidade do céu.
Seja a passagem, e não o atalho,
seja o caminho livre e não o pedágio.
Seja Estrada...
Estrada longa, gostosa de passear,
estrada iluminada de dia pelo sol e de noite pelo luar.
Seja Estrela...
Seja a estrela que mais brilha no firmamento.
Para ser estrela, ilumine os que te cercam,
distribua luz gratuitamente.
Seja Chuva...
Chuva que molha os corações secos, vazios de amor,
de esperança, de paz.
Seja chuva que inunda os campos áridos,
que molham os jardins.
Seja Árvore...
Árvore que dá frutos para quem tem fome,
que dá sombra e refresca o árduo calor
dos caminhantes que seguem pela vida.
Ser Fonte,
ser Porto,
ser Ponte ou Estrada,
ser Estrela,
ser Chuva ou ser Árvore...
É FAZER SEMPRE A VONTADE DE DEUS,
QUE ELE ESTEJA NO CONTROLE


Autor: Toninho Camisão



quarta-feira, 17 de agosto de 2011

Deus nunca erra...


Recebi este texto via email e resolvi compartilhar com todos.

Lembre-se Deus nunca erra.




Um rei que não acreditava na bondade de DEUS. Tinha um servo que em todas as situações lhe dizia: Meu rei, não desanime porque tudo que Deus faz é perfeito, Ele não erra!
Um dia eles saíram para caçar e uma fera atacou o rei. O seu servo conseguiu matar o animal, mas não pôde evitar que sua majestade perdesse um dedo da mão.
Furioso e sem mostrar gratidão por ter sido salvo, o nobre disse:  Deus é bom? Se Ele fosse bom eu não teria sido atacado e perdido o meu dedo.
O servo apenas respondeu: Meu Rei, apesar de todas essas coisas, só posso dizer-lhe que Deus é bom; e ele sabe o porquê de todas as coisas.
O que Deus faz é perfeito. Ele nunca erra! Indignado com a resposta, o rei mandou prender o seu servo. Tempos depois, saiu para uma outra caçada e foi capturado por selvagens que faziam sacrifícios humanos.
Já no altar, prontos para sacrificar o nobre, os selvagens perceberam que a vítima não tinha um dos dedos e soltaram-no: ele não era perfeito para ser oferecido aos deuses.
Ao voltar para o palácio, mandou soltar o seu servo e recebeu-o muito afetuosamente.  Meu caro, Deus foi realmente bom comigo! Escapei de ser sacrificado pelos selvagens, justamente por não ter um dedo! Mas tenho uma dúvida: Se Deus é tão bom, por que permitiu que você, que tanto o defende, fosse preso?




Meu rei, se eu tivesse ido com o senhor nessa caçada, teria sido sacrificado em seu lugar, pois não me falta dedo algum. Por isso, lembre-se: Tudo o que Deus faz é perfeito.
Ele nunca erra! Muitas vezes nos queixamos da vida e das coisas aparentemente ruins que nos acontecem, esquecendo-nos que nada é por acaso e que tudo tem um propósito. Toda a manhã ofereça seu dia a Deus.
Peça para Deus inspirar os seus pensamentos, guiar os seus atos, apaziguar os seus sentimentos. E nada tema, pois DEUS NUNCA ERRA !!!
Sabe por que você recebeu essa mensagem? Eu não sei, mas Deus sabe, pois Ele nunca erra.......




O caminho de Deus é perfeito e a sua palavra sem impureza. Ele é o caminho de todos que nele confiam, como diz em 2º Samuel - 22 - 31.




Era uma vez...evite palavras ásperas...



Esta é a história de um menino que tinha um mau caráter por pura falta de paciência com os outros. Um dia seu pai entregou-lhe um saco de pregos e lhe propôs que, cada vez que perdesse a paciência, pregasse um prego atrás da porta.
No primeiro dia, o menino pregou 37 pregos atrás da porta. Nas semanas que se seguiu, à medida que ia aprendendo a controlar o seu gênio, o garoto pregava cada vez menos pregos atrás da porta. Com o tempo, ele descobriu que era mais fácil controlar o seu mau gênio do que pregar os pregos atrás da porta.
E finalmente chegou o dia em que o menino conseguiu controlar seu gênio durante um dia inteiro.
Depois de contar a novidade ao pai, este sugeriu ao filho que, cada dia que conseguisse controlar seu gênio, fosse retirando um prego da porta. Os dias se passaram, até chegar aquele em que o jovem pôde, finalmente, anunciar ao pai que não havia mais pregos pregados atrás da porta.
O pai pegou o filho pela mão, levou-o até a porta esburacada e disse:
- Meu filho, você trabalhou duro, eu sei, mas veja quantos buracos há agora na porta... Ela nunca mais será a mesma. Cada vez que você perde a paciência, deixa cicatrizes exatamente como estas aqui. Você pode insultar alguém e depois pedir desculpas, mas, dependendo da maneira como você falou, o mal pode ter sido devastador e a cicatriz ficará para sempre.

Alexandre Rangel

Cuide de todas as tuas relações com carinho e amor, aquilo que semeamos - colhemos.

O amor...Sentimento mais forte do mundo...




Se eu tivesse o dom de falar em outras línguas
Sem tê-las aprendido,
E se pudesse falar em qualquer idioma
Que há na terra e até no céu,
Mas, não tivesse amor, as minhas palavras,
Seriam como o barulho de um gongo
Ou o som de um sino
Poderia ter o dom de anunciar mensagens de Deus,
Ter todo o conhecimento,
Entender todos os segredos e ter tanta fé,
A ponto de tirar as montanhas de seus lugares,
Mas, se não tivesse amor, eu não seria nada
Se eu desse aos pobres tudo o que tenho
E até entregasse o meu corpo para ser queimado,
Mas, não tivesse amor, isso não teria valor algum
O amor é muito paciente e bondoso
O amor não é ciumento, nem orgulhoso, nem vaidoso
Não é arrongante, nem egoísta
Não se irrita, nem fica magoado
O amor não se alegra com a injustiça
Mas fica feliz com a verdade
Ele nunca desanima e suporta tudo
Com fé, esperança e paciência
O AMOR É ETERNO...

Há mensagens espirituais, mas durarão pouco
Existem dons de falar em línguas estranhas,
Mas acabarão logo
Há conhecimento, mas terminará também
Pois os nossos dons de conhecimento
E as nossas mensagens espirituais
Existem somente em parte
Mas, quando vier o que é perfeito,
Então o que existe em parte será extinto
Quando eu era menino, a minha maneira de falar,
De sentir e de pensar, era de menino
Agora que já sou homem,
Não tenho mais essas coisas de menino
O que agora só podemos ver e compreender
Um pouquinho de Deus
Como se estivessemos observando seu reflexo
Num espelho muito ruim
Mas chegará o dia
Quando o veremos integralmente face a face...

Tudo o quanto sei agora é obscuro e confuso
Mas depois verei tudo com clareza
Tão claramente
Como Deus esta vendo agora mesmo,
O interior do meu coração
Agora pois permanecem três coisas:
A fé, a esperança e o amor
Porém a maior delas é o amor!


Página na web: http://www.mensagemespirita.com.br/mensagem-em-video/56/o-amor

terça-feira, 16 de agosto de 2011

Eu acredito...E você?




Eu acredito em coisas boas e confio nas pessoas.

Sangue nos olhos, faca nos dentes.
Temos que ter paixão por tudo que fazemos.
Amooooooooooooooooooo minha vida, meu trabalho e minha família.
Estou com muita adrenalina.
Acredito que o mundo nós construímos a cada dia.
Então porque não pensar grande?
Se podemos e temos força suficiente para crer nisto.
Acordar com otimismo, crendo que o dia será o melhor dia de nossas vidas.
Que somente coisas positivas vão acontecer.
Que aquele negócio será fechado.
Que aquela pessoa irá nos procurar.
Enfim que teremos acontecimentos bons.
É um desgaste desnecessário imaginar o pior, ficar preocupado ou angustiado.
Deixe sua vida fluir levemente, mas não durma no ponto, faça acontecer.
Não veja sua vida da platéia, entre no palco e governe sua vida com as tuas próprias mãos.
Vai deixar o trânsito te governar?
Ou suas dividas te governar?
O aborrecimento te deixa para baixo?

MUDE JÁ!!!

Aja, sinta o ar, o sol, olhe nos olhos das pessoas e viva o agora.
Trabalhe com PAIXÃO!!
Ande com PAIXÃO!!
Tenha PAIXÃO por você!

Afinal o tempo está passando rápido.
Só cuidado, ter paixão não significa passar por cima das pessoas.
Muito pelo contrário, significa viver.

Ameeeeeeeeeeeeee tudoooooooo o que posssssssssaaaaaaaaa acontecerrrrrrr na sua vidaaaaaaaa agoraaaaaaaaaaaaaa!!!!!!!!!!!!

Abraços fraternos.

Adriana Mantana

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Altos e baixos...



Altos e baixos?
Você tem?

Bom na verdade todos nós temos estes momentos.
Fica patológico quando estas idas e vindas começam a ferir o próximo.
Vou dar um exemplo:
Hora você trata bem as pessoas é amável, em outro momento ninguém te pode olhar que está o oposto de antes.
Se for muito freqüente sugiro uma terapia, pois vamos combinar ninguém merece destrato.
A situação se agrava se for em relação ao sentimento.
Se você não for uma pessoa consistente e decidida, faça um favor para a humanidade não se relacione.
Fique sozinho (a), pois muitas vezes um relacionamento fica em desequilíbrio justamente por este motivo.
Cuidado com a questão da dupla personalidade.

Seja leal consigo e com o próximo.
Fixe a tua casa na rocha, para que o vento e as turbulências do dia a dia não a leve embora.
Não construa um prédio (relação), para depois destruir com as tuas próprias mãos.
Isto é um retrabalho danado, rsrs.

Ore peça esclarecimento a Deus e MUDE!

A mudança existe, basta à força de vontade!

Seja feliz, seja a mudança!

Abraços fraternos.

Adriana Mantana.

A paz no mundo, começa em mim...



Final de semana perfeito...
Tinha um tempo que não estava conseguindo descansar, dormir...
Foi ótimo!!!
Percebi que para sermos felizes precisamos de muito pouco.

A paz que trago em meu peito não tem preço!!

Estava nos cursos de sábado e a aula foi ótima.
Foi abordada a questão de como cuidamos de nosso corpo e alma.
Nosso corpo é um veículo para fazermos o bem, nos transformar e mudar o mundo por meio de nosso exemplo.
O manual para sermos um homem de bem ou mulher de bem é o evangelho de Jesus.
Então cuidar do nosso corpo faz parte.
Entenda por cuidar:
Se alimentar de forma correta, praticar atividade física, evitar bebida e comida em excesso, se atentar para qualquer tipo de vício.
Pois eu te pergunto:
Você coloca gordura para abastecer o seu carro?
Você coloca fumaça ou qualquer substância que você sabe que vai fundir o teu motor?

Então por que fazer isto com o nosso corpo físico?
Nosso corpo é um presente de Deus, para um fim - Fazer o bem e ser melhor a cada dia.

Agora cuidar da alma:
Ter o hábito da oração, ser gentil e não ser grosseiro (a), meditar, ajudar o próximo e semear o bem.

Ter tranqüilidade e equilíbrio é o caminho.
Com certeza Deus está sempre conosco, com ou sem a nossa permissão.
Pai Celeste, onipotente, onipresente e onisciente.
Entregue a tua vida para ele, com certeza sua vida vai mudar.
Deixe que as coisas fluam em tua vida conforme deve ser.

Para tudo há de se ter um tempo...

Abraços fraternos.

Seja feliz, seja a mudança!

Adriana Mantana.

sábado, 13 de agosto de 2011

Bom, Ruim, Assim Assim...


Quer saber de uma coisa? Tudo pode ser bom, ruim e principalmente
assim assim
Tudo ao mesmo tempo ou não, e não necessariamente nessa ordem
Bom é chegar na praia à tardinha, anuncio de por de Sol, a água
de ondas mansinhas
Jogar bola na espuma e sob o céu encaixa como se fora Tafaréu.
É bom também quando começa a chover
E as gotas fazem cócegas na superfície do mar
Como se um cardume infinito prometesse matar a fome
De todo o Vidigal, Rocinha, Cidade de Deus e Vigário Geral.
Ruim é lembrar daquele amigo que de prancha na mão
Morreu de um beijo roubado de um raio, da lembrança a correria,
O medo... o medo... medo é bom, ruim é o medo de ter medo!
Bom voltar trocar chuva por chopp e passar atrás da pelada
A bola vai pra fora e como na crônica de Rubem Braga sobra pra
você
Que mata no peito faz embaixadinha e devolve redondo... num
chute perfeito
Ruim é a fisgada na coxa sair mancando disfarçadamente...
A vergonha de ta decadente não é ruim, ruim é o orgulho que se
nega a reconhecer a decadência.
É bom a cidade estranha em que você nunca esteve e sabe que
nunca mais vai voltar
E nesse lugar você tem uma obrigação sem graça que cumpre com
estilo e precisão
Traçando um dia perfeito no arco do tempo
Quando cai a noite é bom tomar um banho e sob o chuveiro é bom
sentir saudade,
Ruim é não ter saudade, e como é bom sair sem direção pelas ruas
da cidade
Pensando no que você fez da sua vida e no que a vida fez em você
Bom é sonhar, realizar não é tão bom, mas ruim mesmo é não
sonhar
O fim de um grande amor é muito, muito ruim, um grande amor não
tem fim!
Bom é amar, ruim é amar... Bom é encarar a vida com fantasia.
Quando um poeta desaparece é bom colocar chapéu de Bogar que
tudo pode solucionar...
Ruim é encontrar o precipício, morrer não deve ser tão ruim
assim...
E pode ser bom falar sobre bom e ruim, e pode ser pior assim
assim ... bom!

By Mamma !


Pedro Bial

Composição: Pedro Bial

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Pinturas da vida...



E o futuro é uma astronave
Que tentamos pilotar
Não tem tempo, nem piedade
Nem tem hora de chegar
Sem pedir licença
Muda a nossa vida
E depois convida
A rir ou chorar...


Nessa estrada não nos cabe
Conhecer ou ver o que virá
O fim dela ninguém sabe
Bem ao certo onde vai dar
Vamos todos
Numa linda passarela
De uma aquarela
Que um dia enfim
Descolorirá...


Música: Aquarela
Compositor: Toquinho

"Devemos cultivar nosso jardim."

-- Voltaire

Receba nossas ÚLTIMAS NOVIDADES.

Deixe o seu email aqui para receber nossas ÚLTIMAS NOVIDADES.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...